SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR


Role para baixo
     

montalvania@montalvania.com.br
(77) 9 9949-4184 / 9 9140-6265

 INSS
  22 Novembro de 2016
Aposentados e pensionistas receberão 2ª parcela do 13º a partir de quinta-feira
Os aposentados e pensionistas do INSS receberão a 2ª parcela do 13º salário a partir de quinta-feira, 24 de novembro. O calendário de pagamento vai até 7 dezembro.

Sobre a 2ª parcela, será descontado o Imposto de Renda para quem recebe acima de R$ 1.903,98. Os segurados já podem consultar o valor exato que receberão pelo site previdencia.gov.br. Para acessar é preciso informar nome, data de nascimento, número do benefício e CPF. 

DIREITO

Tem direito a receber o abono do 13º, quem recebeu durante o ano de 2016 algum benefício da previdência, como auxílio reclusão, auxílio doença, aposentadoria, pensão por morte ou salário maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais como BPC/Loas, não têm direito a receber o 13º.

 Festa
  21 Novembro de 2016
Festa do Jeans Cancelada
Lamentamos informar que, a Festa do Jeans - Ano 29, que aconteceria dia 30 de dezembro, foi cancelada, por motivo de força maior.

Pedimos desculpas ao nosso público. Iremos nos mobilizar, desde já, para que a melhor e mais famosa festa do gênero de Montalvânia e região, seja realizada no próximo ano.

Muito obrigado pela compreensão!

 BR 135
  21 Novembro de 2016
As obras de pavimentação da BR-135
Jeito novo de viver: UFPR/ITTI dá início a execução de nova Gestão Ambiental de empreendimento rodoviário.

Em cooperação com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Universidade Federal do Paraná, por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI), deu início a execução de mais uma Gestão Ambiental de um empreendimento rodoviário. Dessa vez o trabalho será desenvolvido durante a implantação e revitalização da BR-135 BA/MG, entre os municípios de Barreiras/BA e Manga/MG.

Durante as obras, a UFPR/ITTI será responsável pela supervisão de ações que reduzam danos que eventualmente possam ser causados à natureza e às pessoas. “Nosso trabalho será dividido entre a supervisão e a execução de programas ambientais, ou seja, alguns desses programas são de responsabilidade da empreiteira que estará executando a obra. Já outros programas ficarão por nossa conta”, explica o biólogo Durval Nascimento, coordenador das equipes de campo.

Trabalho

O trabalho está concentrado no Lote 5, entre a divisa de Minas Gerais e o município de Côcos/BA, e no Lote 7.2, entre o Distrito de Monte Rei, em Juvenília/MG, e o município de Montalvânia/MG. Em campo as equipes já deram início ao Programa de Proteção à Flora e Programa de Proteção à Fauna, que contém os Subprogramas de Monitoramento e Controle de Supressão de Vegetação, de Salvamento de Germoplasma e Afugentamento e Salvamento de Fauna Silvestre.

No Lote 5, anteriormente ao início da supressão de vegetação, foi executado os Subprogramas de Salvamento de Germoplasma. Especialistas realizaram a marcação de árvores que serão afetadas pelo desmate, coletaram sementes de matrizes arbóreas e transplantaram algumas mudas de espécies alvo previamente listadas no Plano Básico Ambiental (PBA) do empreendimento. Em seguida, as sementes foram levadas para um viveiro montado pela UFPR/ITTI no canteiro de obras da empreiteira, no Povoado de São João do Porto Alegre, onde houve a semeadura, em sacos plásticos, das sementes coletadas. 

“O objetivo é minimizar os impactos sobre a flora, por intermédio do manejo de árvores para áreas em que não haverá desmate, do resgate das sementes e produção de mudas. Objetivando a continuidade da biodiversidade local”, explica Leonardo Treml, engenheiro florestal.

Juntamente ao Subprograma de Salvamento de Germoplasma foi realizado o Subprograma de Afugentamento e Salvamento de Fauna Silvestre, onde a equipe da UFPR/ITTI realizou caminhamento na área que será afetada pela implantação da rodovia, verificando a existência de animais e ninhos. Quando presentes, foram realizados afugentamentos e a verificação da presença de animais nos ninhos. Já quando foi constatada a presença, a área foi identificada e repassada a empreiteira para que não houvesse o início de atividade de supressão no local, até que houvesse o resgate ou saída espontânea dos animais.

A partir desses trabalhos, houve a liberação de áreas para o início da atividade de supressão de vegetação. O acompanhamento de tal atividade está previsto no Subprograma de Monitoramento e Controle de Supressão de Vegetação e está sendo realizado pela equipe, sendo que os engenheiros responsáveis pela Supervisão Ambiental monitoraram os trabalhos de abertura de off-sets.

Comunidade

O Programa de Educação Ambiental (PEA) também já deu início as atividades com os trabalhadores das obras no Lote 5 e no Lote 7.2. Os encontros serão realizados uma vez por mês com o objetivo de conscientizar os trabalhadores sobre questões ambientais e, assim, tentar diminuir os impactos negativos das obras nessas regiões. 

“São nessas atividades que podemos fazer os trabalhadores entenderem a responsabilidade que possuem com os recursos naturais, como as águas, o solo, a fauna e a flora local, e também com a comunidade que está sendo impactada pela instalação da rodovia. São planejados trabalhos em grupos, dinâmicas e outras atividades que os faça refletir sobre essas questões para que passem a tomar posturas mais proativas em relação ao meio ambiente”, conta a bióloga Camila Cantarelli, responsável pelo PEA. 

Para esclarecer as dúvidas da população diretamente afetada pela obra, os programas de Comunicação Social e Educação Ambiental organizaram uma série de reuniões comunitárias em Côcos/BA e Montalvânia/MG, assim como nos povoados desses municípios, no Distrito de Monte Rei e no Povoado de Lajeado, em Juvenília/MG. 

Dezenas de pessoas participaram dos encontros que contaram com a participação de representantes de vários programas ambientais executados pela UFPR/ITTI.

Quem não pode participar das reuniões, ainda tem a oportunidade de enviar questionamentos e sugestões para o projeto. A equipe de Comunicação Social colocou oito urnas em locais de grande circulação de pessoas em Côcos/BA, Montalvânia/MG, e nos povoados, para que a população tenha uma forma de compartilhar suas ideias.  

As informações sobre a Gestão Ambiental também estão disponíveis no Jornal Mural BR-135 BA/MG | Jeito novo de viver, que foram fixados em estabelecimentos de saúde e comerciais dos locais afetados pelas obras. 

Jeito Novo de Viver  

A implantação e revitalização da rodovia anunciam uma mudança para melhor na vida dos moradores da região abrangida pelo empreendimento. “Será uma nova rodovia, com mais segurança, menos poeira, mais facilidade de acesso entre os municípios e melhores condições de tráfego”, ressalta o prof. Dr. Eduardo Ratton, superintendente da UFPR/ITTI.

Além disso, a BR-135 BA/MG será um importante corredor de transporte rodoviário, especialmente para o escoamento da produção agropecuária dos estados do Maranhão e Piauí, ligados à Bahia e a Minas Gerais pela Rodovia. 

Por esse motivo, a Gestão Ambiental da BR-135 no trecho entre Barreiras/BA e Manga/MG recebeu o nome de BR-135 BA/MG | Jeito novo de viver. 

Assessoria de Comunicação Social

ITTI – Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura

 Luto
  17 Novembro de 2016
Montalvânia perde um ícone da pecuária regional
Morre Tião Mota, um grande incentivador da raça nelore.

Morreu nesta quarta-feira (16), em Montalvânia, aos 68 anos, de complicações decorrentes de uma cirurgia para retirada de um tumor no cérebro, o pecuarista Sebastião Pereira da Mota. Tião Mota, como era conhecido, era casado com Nilza Matos Mota com quem teve oito (8) filhos.

Foi um ícone da pecuária no Norte de Minas Gerais e Sudoeste da Bahia. Suas atividades tiveram início e se mantiveram em Montalvânia e Juvenília.

Levou o nome dessas duas cidades para todo o Brasil como grande criador, investidor e incentivador do melhoramento genético da raça nelore. Participou de muitas exposições e feiras agropecuárias, sempre mostrando o que havia de melhor da raça e engrandecendo os nomes das cidades de Montalvânia e Juvenília. Ganhou diversos prêmios com seus animais de melhoramento genético.

Tião Mota também foi um excelente pai e amigo. Sempre muito disposto, alegre e animado, promovia eventos festivos conhecidos pelos bons papos, bom whisky e boa comida. Tião era exímio cozinheiro, preparava como ninguém uma moqueca de peixe e contagiava a todos com seu conhecimento e amor pela raça nelore, seu bom humor e alegria, bom papo e causos incríveis.

Há algum tempo residia em Juvenília e havia passado por uma cirurgia de próstata e recentemente, por uma cirurgia para retirada de um tumor na cabeça.

Tião passou mal após almoçar em um restaurante da cidade e, levado ao Hospital Cristo Rei com a pressão muito baixa, não resistiu e morreu.

O velório está acontecendo na Câmara de Vereadores de Juvenília e o sepultamento será no cemitério de São Sebastião de Poções, as 18 horas desta quinta-feira (17).

Vai-se o homem e fica o mito. Um homem que levou o nome de suas cidades para os mais diversos lugares do Brasil incentivando e elevando, por toda a sua vida, um dos setores de maior importância para a economia nacional, a pecuária, em especial a raça nelore.

Deixa uma grande e querida família, muitos admiradores e amigos, e uma enorme saudade para aqueles que tiverem o privilégio de conviver com esta marcante, importante e inesquecível figura humana. Ficam a lembrança e o legado de uma pessoa que, pelo seu amor a pecuária, levou aos mais distantes rincões do país os nomes das duas cidades em que viveu e amou!

Montalvânia e Juvenília sofrem e choram esta grande perda!

"Mais fortes são os desígnios de Deus"

Fernando Abreu / Jornalista

 Novidade
  16 Novembro de 2016
WhatsApp anuncia chamadas de vídeo para todos os usuários; serviço será oferecido progressivamente
O aplicativo de mensagens Whatsapp anunciou que acaba de ativar a função de videochamadas, que passará a ser oferecida progressivamente nos próximos dias aos seus mais de 1 bilhão de usuários ativos.

“Os usuários do Whatsapp poderão fazer videochamadas entre usuários Android, iPhone e dispositivos Windows Phone”, disse a companhia em nota. Os responsáveis pelo Whatsapp dizem que o principal objetivo é ajudar cada vez mais os usuários a se comunicarem com amigos, familiares e outros contatos. 

FACEBOOK

O Whatsapp foi criado em 2009, e 2 anos depois ganhou a função de chats entre grupos. Em 2014, o Facebook comprou a empresa por mais de 19 bilhões de dólares. Depois dos serviços de troca de mensagens e conversas em grupo, foram adicionadas as ligações telefônicas. Agora se anuncia o próximo passo, as videochamadas, uma opção já oferecida por Facetime, Skype, Facebook Messenger e Google Duo, entre outros.

 Juvenília
  16 Novembro de 2016
Prefeito de Juvenília entrega veículo no PSF de Porto Agrário
O prefeito Expedito da Mota Pinheiro, Peu (DEM), entregou nesta quarta-feira (16), um veículo tipo Fiat Toro para a equipe do PSF do distrito de Porto Agrário.

A ação do gestor vai melhor o deslocamento da equipe para atender nas comunidades do entorno, visando melhorias para seus munícipes. Fonte: www folhadovale.net

 Câmara Municipal
  16 Novembro de 2016
Nesta quarta-feira (16) tem reunião na Câmara Municipal De Montalvânia
A partir das 20 horas

Seja um cidadão participativo e acompanhe os trabalhos dos vereadores da cidade!

Acompanhe também pelo Portal www.camaramontalvania.mg.gov.br ou pela Rádio Cidade FM através do site: www.radiocidademontalvania.com.br

 Luto
  11 Novembro de 2016
Morre o diácono Ozório, que teve sua vida dedicada a fé, evangelização e a caridade
Ozório Nunes de Souza, morador da comunidade de Flecheira, foi ordenado diácono no dia 21 de setembro de 1993, pelo padre Guilherme Micheles, pelos seus relevantes trabalhos prestados à comunidade e à Igreja naquela distante região.

Tem uma história de dedicação, renúncia, amor ao próximo, determinação e desprendimento.

Nasceu no dia 24 de fevereiro de 1929. Foi casado com dona Elmira Almeida, falecida há oito anos, com quem teve 6 filhos. Além dos filhos naturais ainda adotou mais 10 crianças e ajudou a cuidar de muitos outros.

Nasceu e foi criado na região da Flecheira, comunidade rural distante 50 quilômetros de Montalvânia, no meio do sertão dos Gerais. Local de difícil acesso e distante de tudo.

Desde muito novo ajudava nos trabalhos da Igreja e preocupava-se com a educação e evangelização do povo da comunidade, principalmente crianças e jovens.

Seu Ozório morreu nesta sexta-feira, em decorrência de um câncer de próstata. Seu corpo será velado na igreja da comunidade de Flecheira, em Montalvânia, hoje (11) a partir das 21 horas e o sepultamento será neste sábado (12) pela manhã.

Teve uma vida de renúncia, ajudando o seu povo a ter esperanças de dias melhores.

Foi um grande pedagogo e mistagogo, que é aquela pessoa que tem conhecimento dos "mistérios sagrados" e inicia as pessoas nestas crenças.

O advogado Áureo Nogueira de Barros, nascido e criado na região, disse que ele foi um homem que dedicou sua vida ao seu povo e à Igreja.

- Serviu a comunidade por muitos anos sempre junto de todos em busca de um ideal. Criou neste grande sertão uma igreja e uma escola. Foi professor sem receber salário algum. Sua vontade de ensinar era tanta que cedeu sua própria casa para que funcionasse uma escola. Através da educação e da fé conquistou o seu povo, disse o advogado.

Vocação para o sacerdócio

Estudou apenas até a antiga quinta série, mas sempre procurava se atualizar o tempo todo. Lia muito, principalmente a Palavra de Deus. Andava a pé, até onde tivesse alguém, para pregar e ensinar a ler. Incentivava a leitura distribuindo, gratuitamente, livros, cadernos, lápis e borrachas para que as pessoas da comunidade pudessem aprender a ler, escrever e a rezar.

Construiu uma escola para alfabetizar as crianças e jovens da comunidade, a hoje escola Estadual de Bonfim.

Tinha vocação para ser padre, mas por falta de conhecimento de como deveria agir e também por dificuldades financeiras não levou adiante o seu sonho de ser sacerdote. Mas isso não o impediu de realizar sua vontade de evangelizar e continuar sua obra como missionário de Deus.

A merendeira, Maria de Lourdes Mota Silva, 58 anos, que foi uma das muitas pessoas beneficiadas por ele disse que o diácono Ozório foi um pai para a comunidade, um herói. Uma pessoa que semeou o bem ensinou toda a comunidade a rezar e a estudar.

- Era tão preocupado com a formação moral e cristã das pessoas que ele próprio costurava roupas para aqueles que não as tinham, para que pudessem ir à missa e à escola. Um homem caridoso que plantou a semente do amor ao próximo. Foi muito bom para a comunidade. Uma referência para um povo de uma região. Tudo que sou devo a ele, disse a merendeira.

Montalvânia sofre e chora essa perda irreparável.

Fernando Abreu / Jornalista

 Chuva
  11 Novembro de 2016
Boa noticia - Norte de Minas terá chuva acima da média histórica nos próximos meses
O período chuvoso 2016/2017 deve ficar mais próximo da normalidade, com índices pluviométricos maiores em Minas, segundo a previsão meteorológica da Cemig.

 “A expectativa para esse período chuvoso é bem melhor do que ocorreu nos últimos anos”, explica o meteorologista da Cemig, Arthur Chaves. “Nós temos a expectativa de que a faixa Norte do estado ocorra mais chuvas do que a média histórica”, explica Chaves. 

FENÔMENOS

Conforme o meteorologista, nos últimos períodos chuvosos o Brasil esteve sob ação do El Niño ou La Niña, com um ou outro atuando. Os fenômenos favorecem o aumento ou a redução da chuva. Desta vez, as análises meteorológicas sinalizam um período chuvoso sem atuação dos 2 fenômenos. Segundo Arthur Chaves, o Triângulo Mineiro, Sul e Zona da Mata terão chuva dentro da média histórica. E na faixa Central, onde se encontra Belo Horizonte e região metropolitana, a expectativa é de que a precipitação fique ligeiramente abaixo da média histórica, chovendo entre 90% e 95% da média.

 Manga
  10 Novembro de 2016
Fim da linha para Quinquinha do Posto?
Por unanimidade, TRE reconhece que prefeito eleito de Manga não poderia ter registro de candidatura.

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais acaba de impor a mais dura derrota que o prefeito eleito de Manga, Joaquim de Oliveira Sá, o Joaquim do Posto Shell (PPS), sofreu desde que resolveu disputar a Prefeitura de Manga com o carimbo de inelegível no currículo. 

Por unanimidade (seis votos a zero) a Corte eleitoral, na decisão do mérito, derrubou em definitivo a liminar que possibilitou ao prefeito eleito conseguir o registro de sua candidatura e prosseguir na disputa. Quinquinha, como é de conhecimento até das balsas paradas no porto de Manga, não tem o pré-requisito da quitação eleitoral em razão de ter disputado -- sem votos para tanto -- a eleição para deputado federal em 2014.  

Quinquinha do Posto Shell certamente vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral em Brasília, mas a decisão desta quarta-feira comprova a série de matérias que este Em Tempo Real publicou ao longo da campanha, quando se mostrou, com bases em fatos produzidos pelo Judiciário, originados nas sucessivas idas e vindas da judicialização da campanha eleitoral em Manga, que o candidato e agora prefeito eleito não reunia as os pré-requisitos para permanecer na disputa. Fim da linha para Quinquinha? Pode ser que sim, pode ser que não. O efeito imediato da decisão do Tribunal é que ele não pode ser diplomado pela Justiça Eleitoral da Comarca de Manga. A consequência disso é que, sem diploma, ele não pode tomar posse. Cabe, contudo, recurso ao TSE, instância em que ele pode, eventualmente, conseguir liminar que lhe garanta a diplomação. Se isso não acontecer, Manga pode ter novas eleições da qual Joaquim do Posto não pode participar.     

 Juvenília
  10 Novembro de 2016
Convite da prefeitura de Juvenília
A Secretaria Municipal de Saúde de Juvenília em parceria com a ONG ASFENORTE realizará 300 consultas oftalmológicas e exames de Fundoscopia na sede do município na UBS Vereador Antônio Lajeado nos dias 13 e 14 de novembro.

A Entidade sem fins lucrativos, a Asfenorte – Associação de Servidores do Centro Norte de Minas, fundada em Montes Claros/MG, montou o Projeto Visão, que tem como objetivo “a melhoria na visão de todo cidadão”, fornecendo exames e consultas a “custo zero” para prefeituras de pequenas localidades que possuem demanda reprimida nessa área da saúde pública.

Os interessados procurar a Secretária Municipal de Saúde e faça o agendamento. Fonte: www.folhadovale.net

 Educação
  08 Novembro de 2016
Educa Mais Brasil: abertas as inscrições para bolsas de estudo em Minas Gerais
Programa contempla estudantes de Montalvânia e cidades vizinhas.

Quem procura por cursos com preços mais acessíveis em faculdades particulares vai encontrar para esse semestre de 2017.1 muitas oportunidades. Isso porque o Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país, está selecionando estudantes que não podem pagar 100% da mensalidade nestas instituições de ensino, para beneficiá-los com bolsas de estudo de até 70% de desconto.

O programa conta com a adesão de mais de 15 mil instituições parceiras e inscreve estudantes de todas as regiões do país. Ao todo no estado, são mais de 41.900 mil bolsas de estudo para 2017.1. Em Montalvânia, as oportunidades são para Graduação, Pós-Graduação, Idiomas, Preparatório para Concursos, Cursos Profissionalizantes e Pré-Vestibular/Enem. Mas o programa também atende a população das cidades vizinhas, sendo possível verificá-las no site.

Sobre as oportunidades disponíveis, a Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, Andréia Torres, salienta: "no cenário atual do país, com desemprego em alta e instabilidade econômica, é desafiador fazer investimentos, mas é preciso ser otimista e não deixar se intimidar por isso. Busquem a educação, ela é um meio de favorecer o acesso ao emprego”. 

Para ser contemplado, o candidato precisa atender a alguns critérios estabelecidos no regulamento do Programa, entre eles o de não poder pagar a mensalidade integral, identificado por meio da análise socioeconômica. Além de ser levada em consideração a impossibilidade de pagar o valor total, também é avaliada a condição de pagar uma parte da mensalidade. 

Para se candidatar é preciso realizar a inscrição, por meio do site: www.educamaisbrasil.com.br. Mais informações podem ser obtidas na central de atendimento pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades.

 Economia
  08 Novembro de 2016
Bolsa Família
Pente-fino e suspeita levam ao cancelamento de mais de 1 milhão de benefícios do Bolsa Família.

Pente-fino feito com o cruzamento de dados do governo federal levou o Ministério do Desenvolvimento Social a cancelar 469 mil benefícios do Bolsa Família e bloquear o saque de outras 654 mil famílias beneficiárias. Nos 2 casos, que afetam mais de 1,1 milhão, há suspeita de que a renda per capita seja superior ao teto exigido para ingresso e permanência no programa. 

CONVOCAR

A decisão dever gerar economia estimada em R$ 2,4 bilhões ao ano. Cerca de 1,4 milhão de famílias vão ser convocadas para averiguação. Outras 13 mil famílias foram identificadas como doadoras a campanhas eleitorais neste ano. As cidades com maior número de benefícios cancelados ficam no Sul do Brasil.

 Juvenília
  03 Novembro de 2016
Uma ponta de demagogia
Prefeito eleito pede para reduzir o próprio salário em Juvenília.

O prefeito eleito de Juvenília Rômulo Marinho Carneiro (PT) solicitou à atual Câmara de Vereadores que rejeitasse proposta de aumento dos salários de prefeito e vice para o próximo mandato. A medida era generosa: Rômulo receberia R$ 12 mil por mês e seu vice, Toninho Marinho (DEM), levaria seis mil mensais, antes dos impostos, para fazer aquilo que todo vice faz. A saber: nada.

O petista Rômulo, talvez prevendo o mau-humor do eleitor com a medida, ainda pediu à Câmara que reduza o futuro salário dos vereadores dos atuais R$ 4,2 mil para R$ 3,4 mil. As informações são do site (Folha do Vale), de Carinhanha. O gesto é simpático e está em sintonia com os tempos bicudos em que Dilma Rousseff, a presidente cassada e esquecida no rodapé da História, jogou o país – após produzir déficits fiscais nunca vistos na história deste país.

Transparência

Se o gesto é correto, seus resultados podem não ser os melhores lá mais adiante. Políticos não disputam cargos por benemerência ou amor à humanidade. Para o eleitor de Juvenília talvez fosse preferível pagar um salário justo ao prefeito do que ficar refém dessas posições demagógicas de ocasião. A legislação proíbe a atualização da remuneração de subsídios de agentes públicos durante o mandato.

Não cabe julgar o quanto de boa intenção e voluntarismo estão embarcados na posição do prefeito eleito Rômulo Carneiro, simpática e antenada com a quebradeira do setor público no Brasil, vale repetir. De todo modo, se for para reajustar salário de agentes políticos, é melhor que se faça agora.

Que não se eleve para R$ 12 mil, valor que parece mesmo elevado para um município do porte de Juvenília (população inferior a 6.000 habitantes), mas que se adeque a atual remuneração as perdas inflacionárias desde a última elevação. Melhor isso do que, no futuro, o prefeito de Juvenília ou qualquer outro que busque o momentâneo factóide do bom mocismo acharem que ganham pouco para trabalhar muito.

O risco sempre presente é o de se tentar achar formas poucos republicanas de promover a justiça salarial da qual agora declinam, por exemplo, no sobre e desce com viagens desnecessárias, apenas para receber diárias pagas com o mesmo dinheiro público que agora dizem economizar. O caminho da transparência é sempre a melhor escolha.  Fonte: www.luisclaudioguedes.com.br

 Juvenília
  01 Novembro de 2016
Vereadores de Juvenília rejeitam projeto de aumento de salário
Um exemplo de legislativo atuante e comprometido com o bem estar dos seus munícipes vem do município de Juvenília, no norte de Minas Gerais.

Os paramentares rejeitaram na sessão da última segunda-feira (31), o Projeto 325/16 que aumentava o salário dos vereadores, secretários, vice-prefeito e prefeito para a próxima gestão (2017-2020).

De acordo apurou o portal Folha do Vale, o prefeito eleito Rômulo Marinho Carneiro (PT), pediu que os vereadores rejeitassem o projeto, já que essa  medida visa conter gastos e que possa ser aplicado em  outros setores no município.

O alcaide eleito ainda solicitou que o vereador Marlon fizesse um requerimento para reduzir o salário de 4.200,00 para 3.400,00. O salário do gestor saltaria para 12 mil e  vice 6 mil.

A cada quatro anos, é comum que as câmaras municipais votem o reajuste dos salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários. Fonte: www.folhadovale.net

 Feriado
  01 Novembro de 2016
Dia de Finados
...

Clique aqui! Espaço criado para lembrar aqueles que fizeram história e hoje moram no céu.

A celebração de Finados é bastante importante para algumas religiões, principalmente para a Igreja Católica, que considera esta data como um momento especial de homenagem a todos os entes queridos que já morreram.

Nesta data, o movimento nos cemitérios é intenso, pois muitas pessoas vão deixar flores e fazer orações nos túmulos de familiares ou amigos.

A religião protestante não reconhece o feriado do Dia de Finados como uma celebração, pois alegam que a data não está presente na Bíblia, consequentemente eles não têm motivos para comemorar ou homenagear.

Em inglês, o Dia de Finados é traduzido para All Souls Day ("Dia de Todas as Almas", na tradução literal para o português).

O Dia de Finados é antecedido pelo Dia de Todos os Santos (1º de novembro), outra data que se dedica a homenagear a alma de todas as “pessoas santas” e mártires anônimos ao redor do mundo.

ORIGEM DO DIA DE FINADOS

Desde o século XII o Dia de Finados é celebrado pela Igreja Católica em 2 de novembro. E, desde o século XI, os papas Silvestre II, João XVIII e Leão IX já obrigavam aos cristãos a dedicarem um dia por ano a rezarem pelos que já faleceram e que não era lembrados.

No entanto, desde o século I os cristãos têm o costume de rezar por seus mortos. Neste período, as pessoas iam às catacumbas e túmulos para rezar pelos que morreram sem martírio, com esperança de terem suas almas salvas.

A partir do século IV, a Igreja começou a incluir em suas celebrações a "Memória dos Mortos" - um momento de orações dedicadas a todos os que faleceram.

O Dia de Finados é celebrado no dia 2 de novembro porque no dia 1º de novembro é comemorado o Dia de Todos os Santos - data que celebra todos os que morreram em estado de graça, mas que não tiveram a oportunidade de serem canonizados ou que não são lembrados em orações por ninguém.

 Multas
  01 Novembro de 2016
Novas multas no trânsito passam a ser aplicadas
Começará a valer nesta terça-feira, 1º de novembro, a lei que altera o Código de Trânsito Brasileiro.

Entre as mudanças estão os novos valores para as infrações de trânsito, a alteração da categoria da multa por dirigir utilizando celular e por estacionar em vagas de deficientes e idosos, constituir infração recusar fazer o teste do bafômetro, alteração no tempo de suspensão do direito de dirigir e a criação de sistema eletrônico de notificação das autuações. As multas terão seus valores reajustados em até 66%. Os valores serão maiores nos casos das multas gravíssimas quando agravadas por fator multiplicador, ou seja, infrações que tem seu valor multiplicado por 3, 5 ou 10 vezes. 

CELULAR

Para quem for flagrado falando ao celular quando estiver dirigindo a multa agora passa a ser considerada gravíssima (7 pontos e R$ 293,47). A punição para quem estacionar irregularmente nas vagas exclusivas para idosos ou pessoas com deficiência passa a ser gravíssima, com multa de R$ 293,47, remoção do veículo e 7 pontos na carteira. A medida valerá também para estacionamentos privados, como mercados, shoppings e condomínios. 

BARULHO

A mudança de maior alcance deve atingir os motoristas que usam som alto nos carros, prejudicando as demais pessoas. A resolução 624 do Contran diz: "Art. 1º Fica proibida a utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível pelo lado externo, independentemente do volume ou freqüência, que perturbe o sossego público, nas vias terrestres abertas à circulação. Parágrafo único. O agente de trânsito deverá registrar, no campo de observações do auto de infração, a forma de constatação do fato gerador da infração"

 Energia elétrica
  31 Outubro de 2016
Tarifa amarela volta ser cobrada na conta de luz, já a partir de novembro
Em novembro, a conta de luz voltará a ter cobrança extra em todo o Brasil.

A Aneel decidiu aplicar a bandeira amarela nas tarifas de energia. Com isso, o consumidor vai pagar R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. A Aneel alegou condições climáticas desfavoráveis para voltar a aplicar a cobrança extra. A falta de chuva em algumas regiões do Brasil levou ao acionamento das usinas térmicas, que têm maior custo de geração de energia. 

VERDE

Desde abril deste ano, a bandeira tarifária estava verde, ou seja, não havia custo extra para os consumidores. No ano passado, todos os meses tiveram a bandeira vermelha, primeiramente com a cobrança adicional de R$ 4,50 a cada 100 kWh consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

 Esclarecimento
  29 Outubro de 2016
Nota de Esclarecimento da prefeitura de Juvenília sobre a atuação da guarda na Bahia
A prefeitura de Juvenília,no norte de Minas Gerais, emitiu uma nota sobre a atuação da Guarda Municipal, no município baiano de Feira da Mata.

Confira a nota na íntegra:

 Economia
  28 Outubro de 2016
Pagamento do 13º salário deve colocar 197 bilhões de reais na economia, prevê Dieese
A economia brasileira deverá receber R$ 197 bilhões devido ao pagamento do 13º salário.

Segundo o Dieese, isso significa a movimentação de cerca de 3% do PIB. O rendimento, com valor médio de R$ 2.192, deverá ser pago a 84 milhões de trabalhadores. Em comparação com 2015, o montante significa crescimento de 8,2% sobre os R$ 182 bilhões pagos no ano passado. Considerando apenas os trabalhadores formais ativos, há queda de 3,4% em relação ao que foi pago no último fim de ano.

APOSENTADOS

Dos beneficiados com o pagamento do salário extra, 33,6 milhões (39,9% ) são aposentados ou pensionistas da Previdência Social. Essas pessoas devem receber R$ 41,3 bilhões, o que representa 21% do valor que será pago. Os empregados formais respondem por 58,9% dos que receberão o 13º, um total de 49,5 milhões de pessoas. Juntos, receberão R$ 134, 7 bilhões. Os aposentados pelo regime próprio da União são 1,2% dos beneficiados – 982,2 mil pessoas que, juntas, receberão R$ 8,2 bilhões.

 Juvenília
  27 Outubro de 2016
Guarda Municipal de Juvenília participa de tentativa de reintegração de posse em Feira da Mata
Os guardas estavam no local juntamente com policiais militares participando da reintegração de posse sem autorização judicial. As famílias não deixaram as residências.

Homens da Guarda Municipal do município de Juvenília, no norte de Minas Gerais, foram flagrados na tarde da última quarta-feira, 26 de outubro, participando de uma tentativa de reintegração de posse no distrito de Ramalho, em Feira da Mata, oeste da Bahia. Os guardas  aparecem em fotos ao lado de um policial pertencente a 38ª Companhia da Polícia Militar de Bom Jesus da Lapa.

O portal Folha do Vale apurou que eles tentavam retirar várias famílias que se apossaram de casas populares, que estão fechadas há meses no distrito. O Chefe da Guarda identificado por Leandro foi quem comandou a tentativa de reintegração junto com policiais  militares participando da reintegração de posse sem autorização judicial. As famílias não deixaram as residências.

Para um advogado, o comportamento dos guardas é inaceitável ao realizar uma ação que não é deles. “O mais grave é o fato dos guardas municipais saíram do seu município, entraram em outro Estado e ainda trabalhando. Eles reforçaram o contingente policial da Bahia, isso é grave. O fato deve ser comunicado com urgência o Chefe da Guarda e também o Ministério Público”, disse.

De acordo com populares,enquanto os guardas prestavam serviços em outro estado e fora do município, Juvenília ficou desassistido. Fonte: www.folhadovale.net

 Política
  26 Outubro de 2016
PEC 241
Câmara aprova em segundo turno Proposta que limita gastos públicos por 20 anos.

Depois de mais de sete horas de discussão e obstrução da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite dessa terça-feira (25), em segundo turno, o texto principal da proposta de emenda à Constituição (PEC) 241/2016, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos à correção da inflação do ano anterior. 

Foram 359 votos a favor, 116 contrários e duas abstenções. Seis destaques ao texto apresentados pela oposição ainda precisam ser votados. Pouco antes de encerrar a votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou que a Polícia Legislativa retirasse das galerias cerca de 50 manifestantes que protestavam contra a aprovação da PEC. Ao orientar os deputados da base governista a votarem a favor da aprovação da PEC, o líder do governo, deputado André Moura (PSC-SE), disse que a limitação de gastos é fundamental para a retomada do crescimento econômico e do emprego e para o fim da recessão. 

Segundo Moura, a PEC não mexe nos recursos das áreas prioritárias como a saúde e a educação. Desde o início da discussão da PEC dos Gastos Públicos, a oposição critica a medida e diz que a limitação vai retirar recursos das áreas sociais, principalmente da saúde e da educação. Os governistas rebatem os argumentos e garantem que não haverá cortes nessas áreas. Para que a PEC 241 seja encaminhada para discussão e votação no Senado, os deputados precisam agora votar os destaques ao texto. 

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e os aliados do governo esperam concluir a apreciação da PEC na Casa em novembro para que a proposta seja promulgada e passe a fazer parte da Constituição Federal.

 Economia
  26 Outubro de 2016
Mensalidade de escola particular em Minas ficará de 11% a 14% mais cara em 2017, anuncia sindicato
O Sindicato das Escolas Particulares de Minas anunciou que o reajuste das mensalidades nas instituições do estado deverá ficar entre 11% e 14% em 2017.

De acordo com o Sindicato das Escolas Particulares, o cálculo foi discutido em assembleia com os diretores de escolas e seria baseado nos índices econômicos atuais e previsões para o próximo ano. 

PLANILHA

O sindicato diz que não há interferências legais ou limitações no reajuste de mensalidades em instituições particulares, o que é feito com base na planilha e na realidade econômica de cada escola. Para 2016, o cálculo foi de reajuste entre 10 e 14% e no ano anterior o aumento foi entre 12 e 16%.

 Polícia
  21 Outubro de 2016
Polícia procura assaltantes
A Polícia Militar (PM) de Montalvânia, no Norte de Minas, procura por três homens que invadiram uma casa, fizeram os donos reféns e roubaram R$ 30 mil nessa quarta-feira (19/10/2016).

Depois do crime, os suspeitos foram para o bar, consumiram bebidas alcoólicas e ainda levaram dinheiro do comércio. 

Segundo o boletim de ocorrência da corporação, o caso aconteceu no distrito de Pitarana. Os homens deslocaram para a porta de um imóvel, localizado na Rua Novo Horizonte, e abordaram o proprietário. Ele foi levado para dentro da casa e amarrado, enquanto sua companheira foi obrigada a abrir o cofre. As vítimas não ficaram feridas.

Além da quantia, os ladrões fugiram em dois carros da família, uma Toyota Hilux e um Fiat Palio. Em outro ponto do distrito, os criminosos entraram no bar e se passaram por clientes. Ao sair, anunciaram o assalto e levaram cerca de R$ 300.

Durante rastreamento, militares encontraram os suspeitos no povoado de Nhandutiba. Ao avistar a viatura, eles abandonaram os veículos, entraram em um matagal e não foram mais vistos. A ocorrência foi encerrada da delegacia de plantão da cidade.

Fonte: O Tempo


 Lei
  20 Outubro de 2016
Tribunal Federal libera aplicação de multa
Tribunal Federal libera e aplicação de multa por farol desligado está de volta, mas só em rodovia sinalizada.

Órgãos de trânsito de todo o Brasil estão autorizados a retomar a aplicação de multas para motoristas que trafegarem por rodovias com o farol desligado, nas estradas em que houver sinalização clara sobre o assunto. Ofício com o novo entendimento foi enviado ontem pelo Denatran aos órgãos locais. Na prática, isso significa que as multas podem ser aplicadas sempre que não houver "ambiguidade" sobre a necessidade do farol – nas estradas em área rural, e nos trechos urbanos que estiverem devidamente sinalizados, por exemplo. 

REGRAS

O Denatran não emitiu regras específicas sobre a sinalização que deverá ser aplicada. A princípio, as placas devem seguir o mesmo padrão que já é adotado para outros avisos em rodovias. A decisão judicial que restaurou a multa foi emitida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que negou recurso da Advocacia-Geral da União. Em 2 de setembro, o judiciário suspendeu a cobrança sob o argumento de que, muitas vezes, os motoristas confundiam as rodovias com ruas e avenidas que compõem a malha urbana. A decisão não anulou as multas que já tinham sido aplicadas.