MONTALVÂNIA - MG
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Contato: (77) 9 9949-4184  
Parceiros2

O que acontece na cidade você vê aqui!

PRINCÍPAISNOTÍCIAS

    Obras

  22 Dezembro de 2020

PRAÇA DA COLHER


  EM UMA AÇÃO DE FORTALECIMENTO À PRESERVAÇÃO DAS ÁREAS VERDES PÚBLICAS, PREFEITURA REVITALIZA A "PRAÇA DA COLHER", A MAIS ANTIGA DA CIDADE

- Após mais de 50 anos sem passar por uma reforma a “Praça da Colher”, a primeira a ser construída na cidade, é revitalizada e passa a oferecer um espaço para o convívio social, descanso e lazer da população e vistantes A “Praça da Colher”, que tem em seu centro uma enorme colher de pedreiro, foi idealizada para prestar uma homenagem aos primeiros pedreiros que ajudaram a concretizar o sonho de Antônio Montalvão de criar uma cidade, foi construída pelo saudoso prefeito Djalma de Souza Montalvão e inaugurada dia 25 de junho de 1969. É a mais antiga praça da cidade e nunca havia passado por uma reforma.


Apesar de ser conhecida como “Praça da Colher” seu verdadeiro nome é “Praça Spinoza”, uma referência a um dos maiores pensadores racionalistas do século XVII, Baruch ou Benedictus de Spinoza.


Todas as vias públicas de Montalvânia levam nomes de grandes pensadores da humanidade, uma característica impar.  


A revitalização, que melhorou e modernizou o espaço sem descaracterizá-lo, foi realizada com recursos próprios do município no valor de R$ 78.035,45 e realizada pela empresa Aguiar Duarte Construtora Ltda, da cidade de Montes Claros, vencedora do Processo Licitatório N° 029/2020, com supervisão do Setor Municipal de Engenharia.


A mão de obra foi do próprio município e todo material usados na reforma foi comprados no comércio da cidade, gerando emprego e renda e valorizando a economia local, já tão fragilizada com a pandemia do novo coronavírus.


Com esta revitalização os cochaninos e visitantes terão mais um espaço verde para o convívio social e momentos de descanso e lazer, além de servir como ponto de encontro.


Para a despachante Jamily Aguiar Montalvão, moradora da praça desde que nasceu, a revitalização é um sonho realizado, pois em sua infância e parte da juventude o lugar era um disputado espaço para brincadeiras e encontros. A despachante diz que, por falta de cuidado e investimentos a praça foi abandonada, e sem iluminação, causava medo e preocupação aos moradores. Mas que agora, com a revitalização, os bons tempos estarão de volta e seus filhos poderão usufruir da praça assim como ela em sua infância. 


- Falar da Praça da Colher até me emociona pois, foi lá que vivi os melhores momentos de minha infância! Infelizmente ela foi abandonada e deixada à própria sorte. Nós moradores vivíamos preocupados e com medo do que acontecia naquele espaço que se tornou feio, mal cuidado e sem iluminação. Mas agora, com sua revitalização, estamos todos muito felizes! Além de oferecer um espaço para podermos descansar, encontrar amigos e levar as crianças para brincar, embelezou e valorizou bastante a vizinhança. A praça ficou linda e meus filhos, e toda a população, agora terão um lugar para passear e se divertir assim como eu tive!, declara Jamily. 


A biomédica Rúbia Marinho Arantes, que também viveu parte de sua vida morando nessa praça, diz que tem boas lembrança da “Praça da Colher”, quando ela ainda era uma praça linda, com grandes e frondosas árvores, muito verde e flores, o lugar em que se reuniam os parentes, vizinhos e amigos em momentos inesquecíveis. 

 

- Há muitas histórias e lembranças quando me refiro a tão querida Praça da Colher! Vivi toda minha infância e parte da adolescência morando nessa praça, que era linda e bem cuidada, e com o passar do tempo foi abandonada, tanto pelas administrações públicas como pela própria população, que não conseguiu manter a praça tão linda como era. Hoje, com sua revitalização, posso reviver momentos lindos, pois adquiri uma memória afetiva muito grande! Já levei minha filha de 4 anos para passear na praça e contei pra ela como fui feliz ali. Agradeço e parabenizo o prefeito por lembrar de quem mora nos arredores da praça e por nos proporcionar reviver esses momentos, agora deixando de ser criança e sendo mãe, tão lindos e importantes de nossas vidas!, declara a biomédica.


A população deve agora preservar a Praça para que outras gerações possam também usufruir de seus benefícios.


Não jogue lixo no chão, e até recolha e jogue nas lixeiras existentes no local, cuide da grama, das árvores, dos bancos e das construções para que o espaço continue bonito, bem cuidado e permaneça embelezando e sendo um ponto turístico permanente da cidade.


Valorização da nossa história, do nosso patrimônio, mais área verde e espaço de convívio social para a população.

Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu


Compartilhe nas Redes Sociais

    CORONA VÍRUS

  15 Dezembro de 2020

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – 15/12/2020 – TERÇA-FEIRA


  NOTIFICAÇÕES Treze (13) notificações no dia de hoje.

- Hospital Cristo Rei:  03 notificações de paciente residente no munícipio de Montalvânia, sendo: 

Sexo masculino: 01 pacientes pertencente à UBS Unidos Pela Saúde (Poções), com idade de 42 anos;

Feminino: 02 pacientes pertencentes à UBS Esperança e Guardiões da Saúde, com idades de 40 e 51 anos. Todos os pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS de origem, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS’s  

- UBS Guardiões – Guarabira e Centro - 05 notificações, sendo 03 pacientes do sexo feminino com idades de 02, 34 e 36 anos e 02 pacientes do sexo masculino com idades de 07 e 66 anos; todos os pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS Aliança – Centro - 02 notificações, sendo 01 do sexo feminino com idade de 38 anos e 01 do sexo masculino com idade de 40 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS Determinados Pela Saúde – Pitarana e Canabrava - 03 notificações, sendo 01 do sexo feminino com idade de 46 anos e 02 pacientes do sexo masculino com idades de 14 e 44 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


DEMAIS UBS’S SEM NOTIFICAÇÃO

EXAMES REALIZADOS

Hoje (15) foram realizados 20 exames (teste rápido) de pacientes notificados no município, onde 03 testaram POSITIVO para Covid-19, pertencentes à UBS Guardiões, Esperança e Soldados. Foram realizados 13 exames RT-PCR (SWAB) no qual 03 pacientes com resultado positivo pertences às UBS’s Pró-Vida, Soldados da Saúde e Aliança. 


PESSOAS QUE TESTARAM POSITIVO E TIVERAM ALTA DO ISOLAMENTO

01.

PESSOAS MONITORADAS/AGUARDANDO DATA PARA EXAME

Oitenta e duas (82) 

TOTAL 

– O município segue com um total de 1.663 notificações, 1.242 exames negativos, 339 exames confirmados, sendo 122 ativos e 217 recuperados, 82 pessoas estão isoladas/monitoradas, aguardando data para realização do exame. 


Total de 05 pessoas estão internadas com diagnóstico de Covid, com estado de saúde estável e 23 pessoas já foram internadas com diagnóstico confirmado de Covid-19 até o presente momento, 08 óbitos confirmado para covid-19.


Continue em casa. Se precisar sair, use máscara, evite lugares com muita gente e mantenha distância de dois metros das pessoas.


Ajude-nos a cuidar de você!

Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu


Compartilhe nas Redes Sociais

    CORONA VÍRUS

  08 Dezembro de 2020

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO – 08/12/2020 – TERÇA-FEIRA


  NOTIFICAÇÕES Quarenta e seis (46) notificações no dia de hoje.


- Hospital Cristo Rei:  09 notificação de pacientes residentes no munícipio de Montalvânia, sendo: Sexo masculino: 01 paciente, 82 anos pertencente à UBS Soldados da Saúde no qual testou positivo na data da consulta; Sexo Feminino: 08 pacientes, sendo 02 pertencentes à UBS  Soldados da Saúde, com idades de 32 e 42 anos; 01 pertencente à UBS Esperança com idade de 54 anos, 01 pertencente à UBS Pró-Vida com 43 anos, 01 Pertence à UBS Determinados Pela Saúde de 33 anos; 01 pertencente à UBS Unidos Pela Saúde com 04 anos; 01 pertencente à UBS Guardiões, com 55 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS à qual pertence, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS’s  
- UBS Esperança – Centro, São José e algumas localidades rurais - 05 notificações, sendo 04 pacientes do sexo feminino com idades de 08, 12, 18 e 40 anos; e 01paciente do sexo masculino com idade de 38 anos, todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS Aliança – Centro - 12 notificações, sendo 07 pacientes do sexo feminino com idades de 02, 09, 30, 33, 41, 53 e 55 anos; e 05 pacientes do sexo masculino com idades de 18, 37, 67, 77 e 83 anos, todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS  Soldados – Bairro Novo Horizonte e Raimundo Ferreira -  06 notificações, sendo 05 pacientes do sexo feminino com idades de 13, 18, 41, 48 e 50 anos, e 01 paciente do sexo masculino com idade de 46 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS – Guardiões – Guarabira e Centro - 09 notificações, sendo 06 pacientes do sexo feminino com idades de 13, 25, 53, 58, 60 e 77 anos e 03 pacientes do sexo masculino com idades 24, 36 e 77 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS Pro vida – Capitânia -  01 notificação, sendo 01 paciente do sexo masculino com idade de 17 anos; paciente encontra-se isolado e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS  Unidos Pela Saúde – São Sebastião de Poções – 03 notificações, sendo 02 pacientes do sexo feminino com idades 17 e 38 anos e 01 paciente do sexo masculino com idade de 80 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


- UBS Determinados Pela Saúde – Pitarana e Canabrava – 02 notificações, sendo 01 pacientes do sexo feminino com idade de 24 anos e 01 paciente do sexo masculino com idade de 28 anos; todos pacientes estão isolados e sendo monitorados pela UBS, aguardando data para realização de exame para Covid-19.


DEMAIS UBS’S SEM NOTIFICAÇÃO
EXAMES REALIZADOS
Hoje (08) foram realizados 32 exames (teste rápido) de pacientes notificados no município, onde 09 testaram POSITIVO para Covid-19.


PESSOAS QUE TESTARAM POSITIVO E TIVERAM ALTA DO ISOLAMENTO
11 PACIENTES.


PESSOAS MONITORADAS/AGUARDANDO DATA PARA EXAME
Cento e Trinta e Duas (132) TOTAL 
– O município segue com um total de 1.526 notificações, 1093 exames negativos, 301 exames confirmados, sendo 111 ativos e 190 recuperados, 132 pessoas estão isoladas/monitoradas, aguardando data para realização do exame.


Total de 20 pessoas já foram internadas com diagnóstico confirmado de Covid-19 até o presente momento, 07 óbitos confirmado para covid-19.


Continue em casa. Se precisar sair, use máscara, evite lugares com muita gente e mantenha distância de dois metros das pessoas.


Ajude-nos a cuidar de você!
Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu

Compartilhe nas Redes Sociais

    CORONA VÍRUS

  07 Dezembro de 2020

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO - 07/12/2020


  NOTIFICAÇÕES Oito (08) notificações no dia de hoje.


- Hospital Cristo Rei:  08 notificação de paciente residente no munícipio de Montalvânia; 01 pertencente a UBS Esperança, sendo do sexo feminino com idade de 30 anos,01 pertencente a UBS Determinados, sendo do sexo feminino com idade de 60 anos; 04 pertencente a UBS Aliança, sendo 03 do sexo feminino com idades de 27,52 e 56 anos e 01 do sexo masculino com idade de 11 anos;02 pertencente a UBS Soldados, sendo 01 do sexo feminino com idade de 46 anos e 01 do sexo masculino com idade de 35 anos;  isolado e sendo monitorado pela UBS, aguardando realização de exame para covid-19.


- UBS’s  SEM NOTIFICAÇÃO

EXAMES REALIZADOS

Hoje (07) foram realizados 31  exames (teste rápido) de pacientes notificados no município, onde 8  testaram POSITIVO para Covid-19.

PESSOAS QUE TESTARAM POSITIVO E TIVERAM ALTA DO ISOLAMENTO

00.

PESSOAS MONITORADAS/AGUARDANDO DATA PARA EXAME

Cento e dezoito (118)

TOTAL 

– O município segue com um total de 1414 notificações, 1070 exames negativos, 292 exames confirmados, sendo 113 ativos e 179 recuperados, 118 pessoas estão isoladas/monitoradas, aguardando data para realização do exame.

 Total de 20 pessoas já foram internadas com diagnóstico confirmado de Covid-19 até o presente momento, Óbito em investigação e 06 óbitos confirmado para covid-19.

Continue em casa. Se precisar sair, use máscara, evite lugares com muita gente e mantenha distância de dois metros das pessoas.

Ajude-nos a cuidar de você!

Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu


Compartilhe nas Redes Sociais

    Saúde

  03 Dezembro de 2020

Polícia Civil cumpre mandados na secretária de saúde e hospital de Montalvânia


  Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Saúde e na Fundação de Saúde, mantenedora do Hospital Cristo Rei.

Assistir a matéria: LINK

A Polícia Civil cumpriu, na tarde desta quarta-feira (2), mandados de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Saúde e na Fundação de Saúde, em Montalvânia (MG). As investigações apuram um possível desvio de recursos públicos em uma associação privada que presta serviços de saúde ao município.


O inquérito foi instaurado há, aproximadamente, três meses, quando a Polícia Civil recebeu denúncias de que a fundação apresentava irregularidades na contratação de profissionais de saúde e na compra de medicamentos e procedimentos.


De acordo com o delegado responsável pelo caso, Flávio Cavalcante, as investigações apontam que os desvios de verbas são feitos desde 2017 e que os recursos que seriam destinados ao enfrentamento da Covid-19 no município, também podem ter sido superfaturados.


“As investigações continuam. Os documentos de prestação de contas serão analisados para apurar se houve o desvio. Se confirmado, pessoas e administrações públicas que estiverem envolvidas vão responder pelo superfaturamento”, disse.


A Fundação de Saúde mantém o Hospital Cristo Rei, o único a operar na cidade e, por isso, recebe os repasses de verbas municipais e estaduais. De acordo com a prefeitura de Montalvânia, a conferência dos documentos de prestação de contas é realizada anualmente e nenhuma irregularidade foi constatada.

Fonte: G1 Minas


Compartilhe nas Redes Sociais

    Montalvânia

  03 Dezembro de 2020

ADOLESCENTE DESAPARECIDA EM MONTALVÂNIA É ENCONTRADA, PASSA BEM E JÁ ESTÁ EM CASA COM A FAMÍLIA


  * Fernando Abreu / Jornalista

- A adolescente de 17 anos que desapareceu na madrugada de quinta-feira (26), foi encontrada na segunda-feira (30), trancada em um quarto de hotel em Belo Horizonte, mas já está em Montalvânia, em casa com a família


Uma família de Montalvânia registrou Boletim de Ocorrência sobre o desaparecimento da filha, uma adolescente de 17 anos, supostamente em companhia de um desconhecido, no dia 27 de novembro.


A família da garota e a Polícia Militar suspeitaram de que Talita havia sido aliciada por um homem que havia conhecido pela internet - aplicativo Instagram, e que  estava na cidade. De acordo com a PM o homem, abordado dias antes e identificado como Josué, 22 anos,  seria esquizofrênico e estelionatário com diversas passagens pelos meios policiais.


Com a promessa de levá-la para Belo Horizonte, onde ele a ajudaria a ingressar no Exército, arrumar trabalho, moradia e a sonhada independência, Josué, atraiu a jovem Talita e conseguiu, com sua astúcia, convencer a garota a ir com ele para a capital do Estado.


A adolescente disse que os dois pegaram um táxi até Manga, de lá, outro táxi até Janaúba, outro até Montes Claros e dessa cidade foram de ônibus para Belo Horizonte, o que foi confirmado pela PM.


Neste intervalo Josué usou o perfil de Talita no Instagram para escrever um texto em queela dizia não estar desaparecida, que estava bem, em uma comunidade de mulheres, que saiu de casa devido a problemas com a família, e que tinha o direito de viver sua própria vida.


Após essa publicação sua mãe, a servidora pública Fernanda Souza, disse ter percebido que o texto não tinha sido escrito pela filha, por conhecer a forma de como a garota costumava enviar mensagens para ela via celular, ficando ainda mais apreensiva com o que poderia vir a acontecer.


Já arrependida e com medo, a garota, que não levou roupas, documentos pessoais e seu celular, pedia pra que ele ligasse para seus pais, pois queria dar notícias, mas o homem falava que não era pra ela ter contato com os pais, o que a preocupou ainda mais.


As Polícias Militar e Civil se engajaram em busca do paradeiro da garota e por informações que chegassem ao Josué em todo o país. Até o Ministério Público Estadual se envolveu no caso, preocupado com um suposto caso de tráfico de pessoas, conforme informação do pai da garota, o comerciante Isac Rocha.


Segundo o comandante do Pelotão da Polícia Militar em Montalvânia, tenente Flávio Mário Alves Oliveira, foi acionado o sistema de alerta de pessoa desaparecida, sendo enviadas mensagens por todo o Estado, inclusive via grupos de redes sociais.


- Também fizemos operações de cerco e bloqueio na BR-135, BR-122, entrada de Montes Claros e rodoviária e buscamos localizar os envolvidos através de rastreamento dos números de celular usados pela Talita, declara o tenente Oliveira.


Com a repercussão da notícia, com fotos da garota e do homem que a acompanhava, muitas pessoas também se mobilizaram a localizar a adolescente e seu aliciador, até a reportagem chegar ao conhecimento da família de Josué.


Sua mãe ligou para o número que estava na reportagem, da mãe da adolescente, para acalmá-la, dizendo que o filho não era violento.


De acordo com Talita, após o casal se hospedar em um hotel no centro de BH, Josué saiu e a deixou trancada no quarto.


O homem foi para a casa de seus pais, que já sabiam da história e, indagado sobre o paradeiro da adolescente disse que havia saído de Montalvânia um dia antes da garota desaparecer e que não tinha informações e nem estava com Talita.


Sua mãe então ligou novamente para o telefone da mãe da garota, e disse, dessa vez, que o filho havia aparecido, mas que não estava com a adolescente, o que preocupou ainda mais os pais de Talita.


A Polícia Militar conseguiu localizar a família e o próprio Josué que disse que Talita tinha ido, com um grupo de pessoas, para a cidade de Pedra Bonita/MG. De acordo com o tenente Oliveira a PM desta cidade fez várias buscas pela adolescente sem nada encontrar.


- Assim, efetuamos ligações para a mãe do Josué e a alertamos da responsabilidade também dela em indagar o seu filho para dizer onde, de fato, estava a adolescente Talita. Assim, o Josué acabou por passar o endereço do hotel onde estava a menor. Fizemos contato de imediato com policiais militares de BH, que se deslocaram até o hotel, localizando e conduzindo a adolescente a uma Casa de Abrigo da cidade, até a chegada dos pais para buscá-la, afirma o tenente.


Segundo os pais de Talita, que assim que foram informados, ainda pela mãe do Josué, de que Talita estaria em um hotel, acionaram o Conselho Tutelar de Montalvânia e foram buscar a garota em Belo Horizonte.


Antes da chegada da PM a mãe de Josué o internou em uma clínica psiquiatra, não sendo possível efetuar sua prisão.


Após a garota ser resgatada, numa conversa entre as duas mães, ficou constatado que Josué sofre de transtorno bipolar e esquizofrenia, fazia tratamento e estava há 15 dias sem tomar a medicação, teve um surto e sumiu de casa, período em que estava de conversa com a adolescente e resolveu vir para Montalvânia buscar a garota.


De acordo com a PM, Josué será ouvido após sair da clínica e a Justiça que irá decidir se ele deverá ou não responder pelo crime previsto no Artigo 173 do Código Penal - Abusar, em proveito próprio ou alheio, de necessidade, paixão ou inexperiência de menor, ou da alienação ou debilidade mental de outrem, induzindo qualquer deles à prática de ato suscetível de produzir efeito jurídico, em prejuízo próprio ou de terceiro: Pena - reclusão, de dois a seis anos, e multa.


O pai de Talita, o comerciante Isac Rocha, disse que sempre teve um bom relacionamento com a filha e que não entende o porquê dessa atitude e que, de agora em diante irá conversar mais com a garota e, principalmente monitorar suas redes sociais.


Isac disse ainda que a mãe do Josué colaborou bastante com as investigações e se mostrou ser uma mulher humana e esteve muito empenhada em encontrar sua filha, que sabe que ela também sentiu a mesma dor que a sua esposa sentiu, portanto, não deseja nada de ruim para o rapaz.


Talita diz estar arrependida e passará a ter mais cuidado ao conhecer as pessoas e ficar mais esperta quanto às intenções de terceiros para com ela.


A mãe faz um alerta às mães de crianças e adolescentes para que vigiem seus filhos, conversem bastante e sejam mais próximos e mais amigos dos filhos, que tenham mais cuidado e controlem as amizades e que monitorem suas redes sociais, pois, por mais que a criança ou o adolescente seja bem criado, existem pessoas mal intencionadas e com o intuito de abusar da ingenuidade característica das pessoas dessa idade.


LIÇÕES/ORIENTAÇÕES IMPORTANTES

* Muito cuidado com o que se posta em redes sociais (não postar conteúdo pessoal, o que faz, o que gosta, seus sonhos e projetos de vida). O Josué agiu exatamente a partir dessas informações postadas.


* Não compartilhe informações próprias com pessoas que não conhece.


* Busque certificar com quem de fato está conversando, não se deixando levar por aparências de fotos, palavras e vídeos de pessoas que se dizem bem intencionadas, bem sucedidas, etc.


* Não declare endereço, componentes da família, etc.


* Acredite, confie e busque orientação com a Polícia Militar. A adolescente foi alertada, inclusive sendo demonstrados vários boletins de ocorrências em desfavor do Josué.


* Com a questão da pandemia há certo isolamento social e as pessoais acabam por se interagir pelas redes sociais, expondo-se mais.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  29 Novembro de 2020

Mulher usa filhos para vender drogas e é presa por tráfico em Montalvânia


  Segundo a Polícia Militar, a autora é da Bahia e estava na cidade há nove meses. Ela e os dois filhos alugaram uma casa para traficar drogas.

Uma mulher foi presa suspeita de traficar drogas na região central de Montalvânia, no sábado (28). Segundo a Polícia Militar, ela usava os filhos adolescentes para ajudar na comercialização.


De acordo com a PM, os militares chegaram até à residência, após receberem uma denúncia anônima. No local, foram localizados 40 papelotes de cocaína, cinco celulares e mais de R$ 400.


Ainda segundo a PM, um homem que estava na casa também foi preso. A mulher e os dois filhos saíram da Bahia há nove meses, alugaram uma casa na cidade e começaram a comercializar entorpecentes. Ela não possui registros de outros crimes.


De acordo com a polícia, os menores foram liberados e o casal levado para o presídio de Bocaiúva.

Fonte: G1 Minas

Compartilhe nas Redes Sociais

    Paralisação

  27 Novembro de 2020

COMUNICADO


  Venho informá-los de que eu minha família fomos diagnosticados com Covid-19 na última quinta-feira (26/11). Por isso, vamos cumprir a quarentena em isolamento.


Irei me ausentar das atividades presenciais da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, participando apenas remotamente das reuniões. 


Deixo aqui os meus votos de melhoras e saúde para todos aqueles que também estão contaminados pelo novo Coronavírus, e para que todos se lembrem de continuar respeitando medidas de distanciamento social e protocolos de segurança definidos pelas organizações e saúde.


- Deputado Zé Reis


Compartilhe nas Redes Sociais

    Montalvânia

  27 Novembro de 2020

ADOLESCENTE DESAPARECE E DEIXA FAMÍLIA DESESPERADA EM MONTALVÂNIA


  Fernando Abreu / Jornalista

- A garota desapareceu na madrugada dessa quinta-feira (26), e pode ter sido aliciada por um suposto estelionatário que conheceu pela internet e fez promessas de realizar seu sonho de servir no Exército

Uma família de Montalvânia está desesperada a procura da filha, Talita Rocha, de 17 anos, que desapareceu na madrugada dessa quinta-feira (26), supostamente aliciada por um homem que conheceu pela internet e a teria iludido com a promessa de levá-la para Belo Horizonte, para servir no Exército, que era o sonho da adolescente.

Conforme a Polícia Militar a garota estava mantendo contato, via instagram, com o suposto aliciador, que teria vindo à cidade com o intuito de levar a garota consigo.


Segundo informações de uma proprietária de hotel da cidade este homem, identificado posteriormente como Josué, 22 anos, chegou ao hotel com um rapaz de 19 anos querendo se hospedar, dizendo que era investigador de polícia e que o Exército pagaria suas despesas. A proprietária achou estranho, não o aceitou como hóspede e acionou a Polícia Militar.

A PM esteve no local, revistou o homem e constatou que Josué possui histórico por estelionato, mas no momento da abordagem não havia nada que pudesse efetuar sua prisão.

Segundo a PM o rapaz que acompanhava Josué era de Belo Horizonte e, logo após o ocorrido voltou para essa cidade, deixando-o em Montalvânia, não se sabe onde.

Dias depois a PM encontrou Josué em uma praça da cidade e o abordou novamente, encontrando em sua bolsa 12 reais e um medicamento para controle de esquizofrenia. Verificando seu aparelho celular, a PM descobriu uma conversa com Talita e marcou um encontro como se fosse Josué.

Ainda de acordo com a PM a garota chegou ao local e foi orientada de que o homem se tratava de um estelionatário e esquizofrênico, e que mantivesse distância, mas os dois continuaram mantendo contato até o dia do desaparecimento da garota, conforme mensagens do seu celular, deixando na casa da avó.

Na madrugada dessa quinta-feira (26), a adolescente desapareceu de casa e Josué também não foi mais visto na cidade.

De acordo com familiares a garota deixou uma carta dizendo que estava indo embora e que não a procurassem. Ainda segundo a família, a moça não levou roupas e nem seus documentos pessoais.

A família acionou a Polícia Militar e, familiares e amigos foram até a cidade de Manga tentar encontrar alguma pista, e tiveram notícia dos dois em uma padaria e na rodoviária da cidade.

A Polícia Militar disse estar em busca do casal e em contato com a PM de BH pra verificar o paradeiro de Josué.

A família está desesperada em busca de informações que possam levar até a garota, qualquer informação será bem-vinda.

Com essa história, que torcemos para que tenha um final feliz, fica o alerta para que os pais monitorem as redes sociais e os aparelhos celulares de seus filhos menores, para evitar acontecimentos como esse e até algo pior.

Contatos para informações:

Fernanda - (38) 9 9844-6805 

Karla - (38) 9 9977-6407 

Ou avise a Polícia Militar de sua cidade.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Transportes

  24 Novembro de 2020

TRECHO QUE LIGA A AVENIDA CONFÚCIO A BR-135 RECEBE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA


  ...

O trecho da Avenida Confúcio que liga a BR-135, que recentemente também recebeu nova ponte de concreto, é pavimentado e passa a oferecer mais segurança, conforto e agilidade a todos que precisam passar por essa via.

A obra foi realizada com recursos próprios do município.

Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu



Compartilhe nas Redes Sociais

Parceiros1

Parceiros2
Microrcim Microrcim L&C Glass Design L&C Glass Design