SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Publicidade: (77) 9 9949-4184
Parceiros1

ÚLTIMASNOTÍCIAS

    Denúncia

  21 Agosto de 2018

O COZINHEIRO MAIS CARO DO BRASIL


  ...

População Cochanina, o vereador Flávio Macedo desenvolvendo o papel típico do vereador (fiscalizando as despesas efetuadas pelo Prefeito Municipal), encontrou comprovantes que o Sr. Miguel Arcanjo de Souza (Miguel Pão de Queijo) recebeu do Município de Montalvânia - MG, à quantia de r$ 4.472,00 (quatro mil, quatrocentos e setenta e dois reais) para confeccionar refeições no dia em que o Prefeito Dr. José Ornelas pagou o décimo terceiro salário aos servidores do Município de Montalvânia.



 Ardilosamente, o prefeito para dar ar de legalidade as despesas com a comemoração do pagamento do décimo terceiro salário, fez constar que as supostas despesas acima citada ocorreram numa palestra motivacional para os servidores do Município de Montalvânia, no dia 21.12.2017.  Por: Flavio Macedo Soares


Compartilhe nas Redes Sociais

    Eleições 2018

  21 Agosto de 2018

OS CANDIDATOS FEDERAIS


  Quatro nomes concorrem entre si, com alguma chance, para garantir a representatividade norte-mineira no Congresso.

Mosaico com os quatro nomes do Norte de Minas com algumas chance de chegar à Câmara Federal: no sentido horário, Raquel Muniz, Marcelo Freitas, Paulo Guedes e Cláudio Prates.

A representação norte-mineira no Congresso Nacional sempre foi muito fraca, capenga mesmo, mas chegou ao seu ponto-limite na atual legislatura com a eleição de um único nome verdadeiramente ligado à região – paraquedista, claro, não conta. Em períodos recentes, a região só conseguiu garantir presença no parlamento por meio de acordos de gabinete que elevaram os suplentes Humberto Souto (PPS) e Jairo Ataíde (DEM) à condição de titulares. 

A boa notícia nas últimas eleições foi o fato do Norte de Minas ter enviado aqui para Brasília Raquel Muniz (PSD), a primeira mulher eleita para cargo parlamentar em nome da região. Raquel tem o mérito de quebrar o paradigma da barreira de acesso ao sexo feminino na representação regional no Congresso Nacional, a despeito de ter conseguido pouco mais que um pálido desempenho ao longo do mandato. 

A deputada bem que tentou, mas não conseguiu ser mais que um rosto na multidão dos sem rostos do baixo clero, aquela gente que lota os corredores do Parlamento e que justificam suas presenças e cargo no papel de meros despachantes de prefeitos aliados, por quem brigam pela distribuição do bolo das emendas parlamentares e quejandos.

Fora isso, Raquel se juntou ao que há de pior no Congresso (Eduardo Cunha, entre os mais notórios), além de protagonizar seus 15 um vexame durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff. Para quem não se lembra, ela votou pela cassação da ex-presidente com exagerados elogios à administração do marido e então prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PSD), que seria preso pela Polícia Federal poucas horas depois. Um mico que repercutiu em todo o país.

Madame Muniz é candidata à reeleição. Ela deu largada ao projeto de retorno ao cargo há alguns dias, em concorrido evento em um clube de Montes Claros. Tem chances, sobretudo porque pode bancar a própria campanha e tem em Ruy seu cabo eleitoral mais entusiasmado. 

Sem falar no avião para correr trecho, vantagem comparativa em relação aos seus concorrentes na cena local em tempos bicudos da proibição do financiamento empresarial para campanhas políticas. 

As esperanças de melhora quantitativa (e qualitativa, pelo amor de Deus!) na representação norte-mineira serão limitadas nas eleições de outubro. Além de Raquel, concentram-se, basicamente, em três nomes - todos estreantes, como mostrarei nas próximas linhas. Sigam-me os bons... 

Um deles é o deputado estadual Paulo Guedes (PT), que traz na bagagem a experiência de três mandatos na Assembleia Legislativa de Minas e bom trânsito entre lideranças regionais de todos os matizes e para além do vermelho-petista. 

Guedes também fez barulho na largada da campanha. Pegou a estrada ao lado da ex-presidente Dilma Rousseff, que disputa uma vaga ao Senado. Dilma lidera a corrida em Minas e foi a Montes Claros para seu primeiro evento de campanha. 

Para conquistar uma cadeira no Congresso, Paulo Guedes vai ‘colar’ seu nome em Dilma e, principalmente, no do ex-presidente Lula. O mundo político da região, inclusive os poucos analistas com algum grau de independência (coisa rara por lá), apostam no sucesso do seu projeto, que deve ter algum ruído por conta da condenação em segunda instância em processo que o próprio colegiado ‘decotou’ (excluiu) a perda dos seus direitos políticos. 

Quem também sonha com apartamento funcional em Brasília são os servidores da Polícia Federal Marcelo Freitas (PSL) e Cláudio Prates (PTB), este último atual presidente da Câmara de Vereadores de Montes Claros. Marcelo, que é delegado da PF, ganhou alguma notoriedade com a participação em operações que levaram vários prefeitos da região para a cadeia. 

O delegado surfa na onda da extrema direita que embala os sonhos presidenciais de Jair Bolsonaro. Freitas tem usado as redes sociais para se promover, mas há dúvidas de que vai conseguir pular para o outro lado da força, onde estão os políticos tradicionais que ele jura combater. Falarei disso adiante. 

Cláudio Prates e Marcelo Freitas são apoiados pelo atual prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, que dá um boi e entrega uma boiada para impedir a reeleição de Raquel Muniz. O delegado Marcelo tem alguma chance de eleição. Já Cláudio Prates carrega o estigma de político local, limitado às serras que cercam Montes Claros, além de ostentar no seu currículo alguns episódios esquisitos, sobre os quais precisaria dar explicações ao eleitor (caso o eleitor se preocupasse com isso, o que não parece ser o caso). Em um dos processos a que responde, o policial federal é acusado de plantar evidências em investigação por crime de pedofilia. Fonte: www.luisclaudioguedes.com.br


Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  21 Agosto de 2018

FORAGIDO DA JUSTIÇA É PRESO EM MONTALVÂNIA


  Um homem foragido da justiça foi preso pela Polícia Militar na última sexta-feira, 17 de agosto, no bairro Novo Horizonte, em Montalvânia, região Norte de Minas Gerais.


O acusado estava sendo monitorado há quatro meses, e durante patrulhamento realizado pela PM no bairro, ele fugiu em uma moto ao avistar os policiais.


Conforme a polícia, posteriormente o homem foi localizado na casa da sogra, e com ele os militares encontraram 8 pinos de cocaína. Ao ser consultado no Sistema Integrado de Defesa Social, foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto contra o acusado, por crime de ameaça expedido pela Justiça de Brasília (DF).


Natural de Montalvânia, ele disse à polícia que cumpria pena por homicídio e foi liberado do presídio há 5 meses. Então ele retornou para o Norte de Minas, onde estava praticando o tráfico de drogas. Ele foi levado à delegacia de Januária, onde permanece à disposição da justiça. Por: Mateus Souza-Portal Folha do Vale


Compartilhe nas Redes Sociais

    Política

  10 Agosto de 2018

DENÚNCIA


  Dr José desviou o dinheiro e a população ficou com a pinguela.

População Cochanina, o Prefeito Municipal de Montalvânia recebeu do Governo Federal mais de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para fazer uma ponte sobre o Rio Poções, no final da Avenida Confúcio, saída para Juvenília. Ocorre que Dr. José construiu a ponte mau e porcamente, ou seja, usou material 40% quarenta por cento mais barato do que o previsto no projeto. 

Sabe o que aconteceu? A ponte caiu e a população ficou no prejuízo. E quem precisar passar por la, tem que arriscar a vida atravessando o rio em cima de duas taboas "popularmente conhecida como pinguela". Resumindo, Dr José desviou o dinheiro e a população ficou com a pinguela.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Eleições 2018

  10 Agosto de 2018

A MANOBRA ARRISCADA DO PT EM MINAS


  Lacerda fora da disputa e embate direto com Anastasia é única chance de reeleição para Pimentel.


Ex-prefeito de Belo Horizonte e candidato a terceira via nas eleições de outubro, Márcio Lacerda (PSB) tem boa chance de jogar água no chopp dos adversários Antonio Anastasia (PSDB) e Fernando Pimentel (PT) na disputa pelo governo mineiro. Para tanto, óbvio, é preciso que ele conquiste a condição de candidato - status bastante incerto depois dos movimentos políticos dos últimos dias.


Pesquisas qualitativas indicam fadiga total do eleitor em relação ao atual governador e um certo cansaço com a falta de carisma e o jeito afetado do tucano Anastasia. Numa palavra: o novo seria bem-vindo na atual disputa em Minas. Se Márcio Lacerda conseguir entrar na disputa, há boas chances de eventual segundo turno no Estado acontecer entre ele e Anastasia, com óbvios prejuízos para o PT de Pimentel. 


O acordo nacional em que o PSB jurou a neutralidade que beneficia o lulismo na eleição presidencial não tem somente o objetivo de isolar Ciro Gomes. Como efeito secundário, retiraria Márcio Lacerda da disputa em Minas com promessas de ganhos eleitorais para Fernando Pimentel.


Meus 17 leitores sabem que Lacerda resolveu enfrentar a decisão do diretório nacional do seu partido e bancou a convenção partidária no sábado (4), em Belo Horizonte. Sub judice, o PSB tenta, em convenção na manhã deste domingo (5), aqui em Brasília, seguir com a candidatura de Lacerda. 


Pimentel prefere Lacerda fora do jogo porque avalia que suas limitadas chances de ir à reeleição passam por uma disputa com Anastasia e seu padrinho político, Aécio Neves, político crepuscular e réu no STF por corrupção e obstrução de Justiça. A tentativa aqui é de nacionalizar a disputa local, com o providencial reforço de Dilma Rousseff, candidata ao Senado na pose de vítima de Aécio e Michel Temer. 


Pela última pesquisa eleitoral disponível, da Confederação Nacional dos Transportes (CNT/MDA), o candidato Anastasia conta com 21,5% da preferência do eleitorado, contra 13,3% do governador Fernando Pimentel. O levantamento traz ainda o ex-prefeito Marcio Lacerda com 9,7% das intenções de voto. 


A tese do PT mineiro é que, fosse mesmo candidato a liquidar a fatura já no primeiro turno, tese que sua turma já canta por aí, Anastasia precisaria aparecer com 40% ou mais das preferências do eleitor mineiro. Pimentel, que não consegue nem pagar salários em dia, ainda sonha com a possibilidade de virar o jogo para cima do rival Anastasia, um candidato que também carrega enorme passivo, sobretudo pela incapacidade de esconder que é um pau mandado de Aécio Neves. 


Tiro no pé

Fonte: www.luisclaudioguedes.com.br


Compartilhe nas Redes Sociais

    Saúde

  03 Agosto de 2018

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA POLIOMIELITE E SARAMPO COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA (6)


  A Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite (paralisia infantil) e Sarampo dá sua largada no Brasil inteiro começa nesta segunda-feira, dia 6 e vai até o dia 31 de agosto, com Dia D a ser realizado dia 18, sábado.


Todas as crianças de 1 a menos de 5 anos devem comparecer aos postos de saúde para receber as vacinas contra essas infecções, mesmo se já tiverem tomado suas doses anteriormente.


Frente aos surtos de sarampo e ao risco de reintrodução da pólio (paralisia infantil), a campanha de 2018 é indiscriminada nessa faixa etária. Ou seja, pretende atingir os pequenos que ainda não se imunizaram, os que precisam completar o esquema e até os que cumpriram a recomendação do Ministério da Saúde no passado.


As vacinas são um dos mecanismos mais eficazes na defesa do organismo humano contra agentes infecciosos e bacterianos, e consiste na proteção do corpo por meio de resistências às doenças.


Você sabia que vacinar seu filho é obrigatório e quem descumprir a medida pode pagar multa?


Por isso, não corra riscos e leve seu fIlho à Unidade de Saúde mais próxima de sua casa e vacine-o.


Assim, ele ficará livre de doenças e você de bem com a Justiça.


Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu


Compartilhe nas Redes Sociais

    Economia

  02 Agosto de 2018

COPASA


  Conta de água e esgoto da Copasa fica mais cara 4,3%, aumento virá já na próxima conta.


Começou a vigorar nesta quarta-feira o reajuste médio de 4,31% nas contas de água e esgoto da Copasa. O índice foi autorizado pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água de Minas (Abrase). 


VARIA

De acordo com a Copasa, o reajuste varia conforme cada faixa de consumo e leva em consideração também a categoria (residencial, comercial, industrial ou pública). 


RESIDENCIAL

O usuário residencial que consome até 10 mil litros por mês e pagava R$ 68,41, agora desembolsará R$ 72,93 - aumento de R$ 4,52. 


SOCIAL

Já os moradores com o mesmo perfil de consumo, mas cadastrados na Tarifa Social, que pagavam R$ 32,71, terão fatura mensal de R$ 34,95, aumento de R$ 2,24. 


Compartilhe nas Redes Sociais

    Saúde

  30 Julho de 2018

UNIDADE DE SAÚDE DE POÇÕES É INAUGURADA E JÁ COMEÇA A FUNCIONAR


  O novo prédio da Unidade Básica de Saúde - UBS, Unidos pela Saúde, do distrito de São Sebastião de Poções foi inaugurado na manhã deste sábado (28) e já ofereceneo serviços para a população.


Após a solenidade de inauguração a unidade já realizava consultas médicas, atendimento odontológico, dentre outros.


E do lado de fora está acontecendo uma rua de lazer para a garotada com a Equipe NASF.


E a noite, a partir das 22 horas, grande show com Sérgio Silva.


Fonte: ASCOM - Prefeitura de Montalvânia / Jornalista responsável: Fernando Abreu


Compartilhe nas Redes Sociais

    Economia

  30 Julho de 2018

PENTE-FINO


  Pente-fino em programas sociais economiza 900 milhões de reais em Minas.


Após pente-fino em busca de irregularidades em programas sociais, o Ministério do Desenvolvimento Social economizou, em Minas, R$ 900 milhões em pagamentos de auxílios doença e aposentadorias por invalidez - sem contar a economia gerada com os cortes do Bolsa Família. 


PERÍCIAS

Os dados são do governo e abrangem o período que vai de 2016 até maio deste ano. Ao todo, foram realizadas 96.567 perícias em Minas no período estudado, sendo 32.832 de auxílio doença e outras 62.735 de aposentados por invalidez. 


CANCELADOS

A partir desta análise, foram cancelados 72,1% dos auxílios-doença e 27,7% das aposentadorias por invalidez revisadas no estado. 


BRASIL

No país inteiro, as economias, incluindo a revisão dos beneficiários do Bolsa Família, chegam a R$ 10 bilhões até maio deste ano - diante de gasto médio anual de R$ 107,4 bilhões com os 3 programas analisados na operação pente-fino.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Economia

  30 Julho de 2018

CONTA DE LUZ


  Bandeira vermelha 2 é mantida em agosto e conta de luz seguirá no valor máximo.


O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) anunciou que a bandeira tarifária válida para o mês de agosto continuará sendo vermelha, uma vez que o país enfrenta adversidades climáticas em razão da falta de chuva, predominante agora em julho. 


CARA

Com isto, a conta de luz seguirá mais cara. A bandeira tarifária vermelha (patamar 2) tem o custo adicional na conta de luz de R$ 5 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. 


RACIONAMENTO

“A bandeira vermelha deve continuar em agosto e a tendência é de que ela deva permanecer até o final do período seco. A situação hidrológica encontra-se em situação adversa de norte a sul do país e a chuva não cai”, explicou o diretor da ONS. ele afastou o risco de desabastecimento de energia elétrica. 


Compartilhe nas Redes Sociais

Parceiros1

Parceiros2
Star Chiq Microrcim