SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Publicidade: (77) 9 9949-4184
Parceiros1

ÚLTIMASNOTÍCIAS

    INSS

  22 Novembro de 2016

Aposentados e pensionistas receberão 2ª parcela do 13º a partir de quinta-feira


  Os aposentados e pensionistas do INSS receberão a 2ª parcela do 13º salário a partir de quinta-feira, 24 de novembro. O calendário de pagamento vai até 7 dezembro.

Sobre a 2ª parcela, será descontado o Imposto de Renda para quem recebe acima de R$ 1.903,98. Os segurados já podem consultar o valor exato que receberão pelo site previdencia.gov.br. Para acessar é preciso informar nome, data de nascimento, número do benefício e CPF. 

DIREITO

Tem direito a receber o abono do 13º, quem recebeu durante o ano de 2016 algum benefício da previdência, como auxílio reclusão, auxílio doença, aposentadoria, pensão por morte ou salário maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais como BPC/Loas, não têm direito a receber o 13º.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Festa

  21 Novembro de 2016

Festa do Jeans Cancelada


  Lamentamos informar que, a Festa do Jeans - Ano 29, que aconteceria dia 30 de dezembro, foi cancelada, por motivo de força maior.

Pedimos desculpas ao nosso público. Iremos nos mobilizar, desde já, para que a melhor e mais famosa festa do gênero de Montalvânia e região, seja realizada no próximo ano.

Muito obrigado pela compreensão!


Compartilhe nas Redes Sociais

    BR 135

  21 Novembro de 2016

As obras de pavimentação da BR-135


  Jeito novo de viver: UFPR/ITTI dá início a execução de nova Gestão Ambiental de empreendimento rodoviário.

Em cooperação com Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), a Universidade Federal do Paraná, por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (UFPR/ITTI), deu início a execução de mais uma Gestão Ambiental de um empreendimento rodoviário. Dessa vez o trabalho será desenvolvido durante a implantação e revitalização da BR-135 BA/MG, entre os municípios de Barreiras/BA e Manga/MG.

Durante as obras, a UFPR/ITTI será responsável pela supervisão de ações que reduzam danos que eventualmente possam ser causados à natureza e às pessoas. “Nosso trabalho será dividido entre a supervisão e a execução de programas ambientais, ou seja, alguns desses programas são de responsabilidade da empreiteira que estará executando a obra. Já outros programas ficarão por nossa conta”, explica o biólogo Durval Nascimento, coordenador das equipes de campo.

Trabalho

O trabalho está concentrado no Lote 5, entre a divisa de Minas Gerais e o município de Côcos/BA, e no Lote 7.2, entre o Distrito de Monte Rei, em Juvenília/MG, e o município de Montalvânia/MG. Em campo as equipes já deram início ao Programa de Proteção à Flora e Programa de Proteção à Fauna, que contém os Subprogramas de Monitoramento e Controle de Supressão de Vegetação, de Salvamento de Germoplasma e Afugentamento e Salvamento de Fauna Silvestre.

No Lote 5, anteriormente ao início da supressão de vegetação, foi executado os Subprogramas de Salvamento de Germoplasma. Especialistas realizaram a marcação de árvores que serão afetadas pelo desmate, coletaram sementes de matrizes arbóreas e transplantaram algumas mudas de espécies alvo previamente listadas no Plano Básico Ambiental (PBA) do empreendimento. Em seguida, as sementes foram levadas para um viveiro montado pela UFPR/ITTI no canteiro de obras da empreiteira, no Povoado de São João do Porto Alegre, onde houve a semeadura, em sacos plásticos, das sementes coletadas. 

“O objetivo é minimizar os impactos sobre a flora, por intermédio do manejo de árvores para áreas em que não haverá desmate, do resgate das sementes e produção de mudas. Objetivando a continuidade da biodiversidade local”, explica Leonardo Treml, engenheiro florestal.

Juntamente ao Subprograma de Salvamento de Germoplasma foi realizado o Subprograma de Afugentamento e Salvamento de Fauna Silvestre, onde a equipe da UFPR/ITTI realizou caminhamento na área que será afetada pela implantação da rodovia, verificando a existência de animais e ninhos. Quando presentes, foram realizados afugentamentos e a verificação da presença de animais nos ninhos. Já quando foi constatada a presença, a área foi identificada e repassada a empreiteira para que não houvesse o início de atividade de supressão no local, até que houvesse o resgate ou saída espontânea dos animais.

A partir desses trabalhos, houve a liberação de áreas para o início da atividade de supressão de vegetação. O acompanhamento de tal atividade está previsto no Subprograma de Monitoramento e Controle de Supressão de Vegetação e está sendo realizado pela equipe, sendo que os engenheiros responsáveis pela Supervisão Ambiental monitoraram os trabalhos de abertura de off-sets.

Comunidade

O Programa de Educação Ambiental (PEA) também já deu início as atividades com os trabalhadores das obras no Lote 5 e no Lote 7.2. Os encontros serão realizados uma vez por mês com o objetivo de conscientizar os trabalhadores sobre questões ambientais e, assim, tentar diminuir os impactos negativos das obras nessas regiões. 

“São nessas atividades que podemos fazer os trabalhadores entenderem a responsabilidade que possuem com os recursos naturais, como as águas, o solo, a fauna e a flora local, e também com a comunidade que está sendo impactada pela instalação da rodovia. São planejados trabalhos em grupos, dinâmicas e outras atividades que os faça refletir sobre essas questões para que passem a tomar posturas mais proativas em relação ao meio ambiente”, conta a bióloga Camila Cantarelli, responsável pelo PEA. 

Para esclarecer as dúvidas da população diretamente afetada pela obra, os programas de Comunicação Social e Educação Ambiental organizaram uma série de reuniões comunitárias em Côcos/BA e Montalvânia/MG, assim como nos povoados desses municípios, no Distrito de Monte Rei e no Povoado de Lajeado, em Juvenília/MG. 

Dezenas de pessoas participaram dos encontros que contaram com a participação de representantes de vários programas ambientais executados pela UFPR/ITTI.

Quem não pode participar das reuniões, ainda tem a oportunidade de enviar questionamentos e sugestões para o projeto. A equipe de Comunicação Social colocou oito urnas em locais de grande circulação de pessoas em Côcos/BA, Montalvânia/MG, e nos povoados, para que a população tenha uma forma de compartilhar suas ideias.  

As informações sobre a Gestão Ambiental também estão disponíveis no Jornal Mural BR-135 BA/MG | Jeito novo de viver, que foram fixados em estabelecimentos de saúde e comerciais dos locais afetados pelas obras. 

Jeito Novo de Viver  

A implantação e revitalização da rodovia anunciam uma mudança para melhor na vida dos moradores da região abrangida pelo empreendimento. “Será uma nova rodovia, com mais segurança, menos poeira, mais facilidade de acesso entre os municípios e melhores condições de tráfego”, ressalta o prof. Dr. Eduardo Ratton, superintendente da UFPR/ITTI.

Além disso, a BR-135 BA/MG será um importante corredor de transporte rodoviário, especialmente para o escoamento da produção agropecuária dos estados do Maranhão e Piauí, ligados à Bahia e a Minas Gerais pela Rodovia. 

Por esse motivo, a Gestão Ambiental da BR-135 no trecho entre Barreiras/BA e Manga/MG recebeu o nome de BR-135 BA/MG | Jeito novo de viver. 

Assessoria de Comunicação Social

ITTI – Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura


Compartilhe nas Redes Sociais

    Luto

  17 Novembro de 2016

Montalvânia perde um ícone da pecuária regional


  Morre Tião Mota, um grande incentivador da raça nelore.

Morreu nesta quarta-feira (16), em Montalvânia, aos 68 anos, de complicações decorrentes de uma cirurgia para retirada de um tumor no cérebro, o pecuarista Sebastião Pereira da Mota. Tião Mota, como era conhecido, era casado com Nilza Matos Mota com quem teve oito (8) filhos.

Foi um ícone da pecuária no Norte de Minas Gerais e Sudoeste da Bahia. Suas atividades tiveram início e se mantiveram em Montalvânia e Juvenília.

Levou o nome dessas duas cidades para todo o Brasil como grande criador, investidor e incentivador do melhoramento genético da raça nelore. Participou de muitas exposições e feiras agropecuárias, sempre mostrando o que havia de melhor da raça e engrandecendo os nomes das cidades de Montalvânia e Juvenília. Ganhou diversos prêmios com seus animais de melhoramento genético.

Tião Mota também foi um excelente pai e amigo. Sempre muito disposto, alegre e animado, promovia eventos festivos conhecidos pelos bons papos, bom whisky e boa comida. Tião era exímio cozinheiro, preparava como ninguém uma moqueca de peixe e contagiava a todos com seu conhecimento e amor pela raça nelore, seu bom humor e alegria, bom papo e causos incríveis.

Há algum tempo residia em Juvenília e havia passado por uma cirurgia de próstata e recentemente, por uma cirurgia para retirada de um tumor na cabeça.

Tião passou mal após almoçar em um restaurante da cidade e, levado ao Hospital Cristo Rei com a pressão muito baixa, não resistiu e morreu.

O velório está acontecendo na Câmara de Vereadores de Juvenília e o sepultamento será no cemitério de São Sebastião de Poções, as 18 horas desta quinta-feira (17).

Vai-se o homem e fica o mito. Um homem que levou o nome de suas cidades para os mais diversos lugares do Brasil incentivando e elevando, por toda a sua vida, um dos setores de maior importância para a economia nacional, a pecuária, em especial a raça nelore.

Deixa uma grande e querida família, muitos admiradores e amigos, e uma enorme saudade para aqueles que tiverem o privilégio de conviver com esta marcante, importante e inesquecível figura humana. Ficam a lembrança e o legado de uma pessoa que, pelo seu amor a pecuária, levou aos mais distantes rincões do país os nomes das duas cidades em que viveu e amou!

Montalvânia e Juvenília sofrem e choram esta grande perda!

"Mais fortes são os desígnios de Deus"

Fernando Abreu / Jornalista


Compartilhe nas Redes Sociais

    Novidade

  16 Novembro de 2016

WhatsApp anuncia chamadas de vídeo para todos os usuários; serviço será oferecido progressivamente


  O aplicativo de mensagens Whatsapp anunciou que acaba de ativar a função de videochamadas, que passará a ser oferecida progressivamente nos próximos dias aos seus mais de 1 bilhão de usuários ativos.

“Os usuários do Whatsapp poderão fazer videochamadas entre usuários Android, iPhone e dispositivos Windows Phone”, disse a companhia em nota. Os responsáveis pelo Whatsapp dizem que o principal objetivo é ajudar cada vez mais os usuários a se comunicarem com amigos, familiares e outros contatos. 

FACEBOOK

O Whatsapp foi criado em 2009, e 2 anos depois ganhou a função de chats entre grupos. Em 2014, o Facebook comprou a empresa por mais de 19 bilhões de dólares. Depois dos serviços de troca de mensagens e conversas em grupo, foram adicionadas as ligações telefônicas. Agora se anuncia o próximo passo, as videochamadas, uma opção já oferecida por Facetime, Skype, Facebook Messenger e Google Duo, entre outros.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Juvenília

  16 Novembro de 2016

Prefeito de Juvenília entrega veículo no PSF de Porto Agrário


  O prefeito Expedito da Mota Pinheiro, Peu (DEM), entregou nesta quarta-feira (16), um veículo tipo Fiat Toro para a equipe do PSF do distrito de Porto Agrário.

A ação do gestor vai melhor o deslocamento da equipe para atender nas comunidades do entorno, visando melhorias para seus munícipes. Fonte: www folhadovale.net


Compartilhe nas Redes Sociais

    Câmara Municipal

  16 Novembro de 2016

Nesta quarta-feira (16) tem reunião na Câmara Municipal De Montalvânia


  A partir das 20 horas

Seja um cidadão participativo e acompanhe os trabalhos dos vereadores da cidade!

Acompanhe também pelo Portal www.camaramontalvania.mg.gov.br ou pela Rádio Cidade FM através do site: www.radiocidademontalvania.com.br


Compartilhe nas Redes Sociais

    Luto

  11 Novembro de 2016

Morre o diácono Ozório, que teve sua vida dedicada a fé, evangelização e a caridade


  Ozório Nunes de Souza, morador da comunidade de Flecheira, foi ordenado diácono no dia 21 de setembro de 1993, pelo padre Guilherme Micheles, pelos seus relevantes trabalhos prestados à comunidade e à Igreja naquela distante região.

Tem uma história de dedicação, renúncia, amor ao próximo, determinação e desprendimento.

Nasceu no dia 24 de fevereiro de 1929. Foi casado com dona Elmira Almeida, falecida há oito anos, com quem teve 6 filhos. Além dos filhos naturais ainda adotou mais 10 crianças e ajudou a cuidar de muitos outros.

Nasceu e foi criado na região da Flecheira, comunidade rural distante 50 quilômetros de Montalvânia, no meio do sertão dos Gerais. Local de difícil acesso e distante de tudo.

Desde muito novo ajudava nos trabalhos da Igreja e preocupava-se com a educação e evangelização do povo da comunidade, principalmente crianças e jovens.

Seu Ozório morreu nesta sexta-feira, em decorrência de um câncer de próstata. Seu corpo será velado na igreja da comunidade de Flecheira, em Montalvânia, hoje (11) a partir das 21 horas e o sepultamento será neste sábado (12) pela manhã.

Teve uma vida de renúncia, ajudando o seu povo a ter esperanças de dias melhores.

Foi um grande pedagogo e mistagogo, que é aquela pessoa que tem conhecimento dos "mistérios sagrados" e inicia as pessoas nestas crenças.

O advogado Áureo Nogueira de Barros, nascido e criado na região, disse que ele foi um homem que dedicou sua vida ao seu povo e à Igreja.

- Serviu a comunidade por muitos anos sempre junto de todos em busca de um ideal. Criou neste grande sertão uma igreja e uma escola. Foi professor sem receber salário algum. Sua vontade de ensinar era tanta que cedeu sua própria casa para que funcionasse uma escola. Através da educação e da fé conquistou o seu povo, disse o advogado.

Vocação para o sacerdócio

Estudou apenas até a antiga quinta série, mas sempre procurava se atualizar o tempo todo. Lia muito, principalmente a Palavra de Deus. Andava a pé, até onde tivesse alguém, para pregar e ensinar a ler. Incentivava a leitura distribuindo, gratuitamente, livros, cadernos, lápis e borrachas para que as pessoas da comunidade pudessem aprender a ler, escrever e a rezar.

Construiu uma escola para alfabetizar as crianças e jovens da comunidade, a hoje escola Estadual de Bonfim.

Tinha vocação para ser padre, mas por falta de conhecimento de como deveria agir e também por dificuldades financeiras não levou adiante o seu sonho de ser sacerdote. Mas isso não o impediu de realizar sua vontade de evangelizar e continuar sua obra como missionário de Deus.

A merendeira, Maria de Lourdes Mota Silva, 58 anos, que foi uma das muitas pessoas beneficiadas por ele disse que o diácono Ozório foi um pai para a comunidade, um herói. Uma pessoa que semeou o bem ensinou toda a comunidade a rezar e a estudar.

- Era tão preocupado com a formação moral e cristã das pessoas que ele próprio costurava roupas para aqueles que não as tinham, para que pudessem ir à missa e à escola. Um homem caridoso que plantou a semente do amor ao próximo. Foi muito bom para a comunidade. Uma referência para um povo de uma região. Tudo que sou devo a ele, disse a merendeira.

Montalvânia sofre e chora essa perda irreparável.

Fernando Abreu / Jornalista


Compartilhe nas Redes Sociais

    Chuva

  11 Novembro de 2016

Boa noticia - Norte de Minas terá chuva acima da média histórica nos próximos meses


  O período chuvoso 2016/2017 deve ficar mais próximo da normalidade, com índices pluviométricos maiores em Minas, segundo a previsão meteorológica da Cemig.

 “A expectativa para esse período chuvoso é bem melhor do que ocorreu nos últimos anos”, explica o meteorologista da Cemig, Arthur Chaves. “Nós temos a expectativa de que a faixa Norte do estado ocorra mais chuvas do que a média histórica”, explica Chaves. 

FENÔMENOS

Conforme o meteorologista, nos últimos períodos chuvosos o Brasil esteve sob ação do El Niño ou La Niña, com um ou outro atuando. Os fenômenos favorecem o aumento ou a redução da chuva. Desta vez, as análises meteorológicas sinalizam um período chuvoso sem atuação dos 2 fenômenos. Segundo Arthur Chaves, o Triângulo Mineiro, Sul e Zona da Mata terão chuva dentro da média histórica. E na faixa Central, onde se encontra Belo Horizonte e região metropolitana, a expectativa é de que a precipitação fique ligeiramente abaixo da média histórica, chovendo entre 90% e 95% da média.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Manga

  10 Novembro de 2016

Fim da linha para Quinquinha do Posto?


  Por unanimidade, TRE reconhece que prefeito eleito de Manga não poderia ter registro de candidatura.

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais acaba de impor a mais dura derrota que o prefeito eleito de Manga, Joaquim de Oliveira Sá, o Joaquim do Posto Shell (PPS), sofreu desde que resolveu disputar a Prefeitura de Manga com o carimbo de inelegível no currículo. 

Por unanimidade (seis votos a zero) a Corte eleitoral, na decisão do mérito, derrubou em definitivo a liminar que possibilitou ao prefeito eleito conseguir o registro de sua candidatura e prosseguir na disputa. Quinquinha, como é de conhecimento até das balsas paradas no porto de Manga, não tem o pré-requisito da quitação eleitoral em razão de ter disputado -- sem votos para tanto -- a eleição para deputado federal em 2014.  

Quinquinha do Posto Shell certamente vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral em Brasília, mas a decisão desta quarta-feira comprova a série de matérias que este Em Tempo Real publicou ao longo da campanha, quando se mostrou, com bases em fatos produzidos pelo Judiciário, originados nas sucessivas idas e vindas da judicialização da campanha eleitoral em Manga, que o candidato e agora prefeito eleito não reunia as os pré-requisitos para permanecer na disputa. Fim da linha para Quinquinha? Pode ser que sim, pode ser que não. O efeito imediato da decisão do Tribunal é que ele não pode ser diplomado pela Justiça Eleitoral da Comarca de Manga. A consequência disso é que, sem diploma, ele não pode tomar posse. Cabe, contudo, recurso ao TSE, instância em que ele pode, eventualmente, conseguir liminar que lhe garanta a diplomação. Se isso não acontecer, Manga pode ter novas eleições da qual Joaquim do Posto não pode participar.     


Compartilhe nas Redes Sociais

Parceiros1

Parceiros2
Star Chiq Microrcim Connect