SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR


Role para baixo
     

montalvania@montalvania.com.br
(77) 9 9949-4184 / 9 9140-6265
 Bolsa Família
  03 Julho de 2017
SEM REAJUSTE
Governo suspende e adia reajuste do Bolsa Família, de 4,6%, que seria concedido em julho.

O governo decidiu suspender o reajuste do Bolsa Família que pretendia anunciar neste mês de julho. O presidente Michel Temer queria conceder aumento de 4,6% no benefício, mas a área econômica avaliou que, em meio à crise financeira, não há espaço no Orçamento para isso. 

IMPACTO

O impacto do reajuste no Orçamento deste ano seria de R$ 800 milhões. Segundo assessores de Temer, a decisão sobre o aumento do benefício foi adiada, sem data para que a discussão seja retomada. O Ministério do Desenvolvimento Social já comunicou à Caixa Econômica Federal que não haverá mudança no valor dos pagamentos.

 Prevenção
  01 Julho de 2017
PREVENÇÃO E COMBATE ÀS DROGAS
Em uma emocionante solenidade o Proerd forma sua primeira turma em Montalvânia.

O abuso de drogas constitui-se em uma grande ameaça à sociedade, pois representa, para o usuário, um comprometimento do futuro e da qualidade de suas relações sociais, com maior propensão ao envolvimento em crimes, violência e ingresso num ciclo de decadência de valores. O público mais vulnerável à dependência é composto por crianças e adolescentes, pelo fato de se encontrarem menos preparados para resistirem aos muitos apelos e incentivos ao uso.

A principal estratégia contra esses males é a prevenção por meio do diálogo com as pessoas, ainda durante sua infância e adolescência, fases de suas vidas em que se encontram mais naturalmente aptas a receber orientações e assimilar valores.

Para ajudar a combater e prevenir esse mal a Polícia Militar desenvolve o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd, que consiste num esforço cooperativo da Polícia Militar, Escola e família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão.

Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

É direcionado à Educação infantil e anos iniciais e 5º e 7º ano do ensino fundamental.

Nesta sexta-feira (30) aconteceu no Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes, a formatura da primeira turma do programa em Montalvânia, com a participação de 250 crianças e adolescentes das Escolas Estaduais Inconfidentes e de Montalvânia e as Escolas Municipais São José, da sede e do distrito de Pitarana. Uma cerimônia bonita e emocionante onde os valores familiares e da amizade foram evidenciados por todas as escolas nas homenagens ao instrutor do programa, soldado Danilo Souza, numa valorização e reconhecimento inéditos em formaturas do programa.

Os formando fizeram juramento Segundo o mestre de cerimônias, sargento Ferreira do 30º Batalhão da PM/MG, de todas as formaturas que já participou a de Montalvânia foi a que o instrutor do Proerd foi mais reconhecido e valorizado pelos serviços prestados à comunidade.

As mascotes do programa, os bonecos do leão Darem e do Policial Legal abrilhantaram a cerimônia e fizeram a alegria da garotada,

Participaram da mesa de honra o vice-prefeito Pedro Lopes, representando o prefeito, Dr. José Ornelas, o presidente da Câmara de Vereadores, Valdivino Doriedson Soares (Dim Boião), a secretária municipal de Educação, Hozana Peixoto Sales, o comandante da PM de Montalvânia, tenente Jomar Carreiro Veloso e uma representante do Conselho Tutelar. Vários policiais militares, a Guarda Municipal, pais, diretores e professores das escolas envolvidas estiveram presentes.

Os formandos fizeram juramento de ficar longe das drogas, assegurando publicamente a intenção.

É parte integrante do currículo do Proerd a confecção de uma redação e um desenho em que o aluno descreve suas experiências vividas, o Proerd, vida e paz.

A vencedora do concurso de redação foi Bárbara Rodrigues Pereira, 11 anos, do 7º Ano da Escola Inconfidentes, Bárbara recebeu uma bicicleta como premio e, após ler sua redação disse que estava muito nervosa, emocionada e feliz.

- Fiz a redação de acordo com o que aprendi nas aulas do PROERD. Gosto muito de ler e escrever e por isso não tive dificuldade. Meu sonho é ser jornalista. Nunca imaginei viver isso tudo que estou vivendo aqui. Hoje foi o melhor dia da minha vida. O PROERD foi fundamental em minha vida, abri os olhos para o mundo e passei a ser outra pessoa com o conhecimento que adquiri e vou passar pra frente, declara a aluna vencedora.

A vencedora do melhor desenho foi a aluna Paula Raynara Almeida Souza, do 2º Ano da Escola São José.

Os segundos e terceiros colocados nas duas categorias também receberam prêmios.

Para a professora de português da Escola Inconfidentes, Marla Taysa Mota, o programa foi de fundamental importância para a cidade e causou um grande impacto na vida dos alunos, o que ocasionou uma mudança de comportamento e de atitude no ambiente escolar e consequentemente na vida familiar e em sociedade.

A mãe do aluno Samuel Lucas de 6 anos, Tatiane Costa, disse que o Proerd já começou a mudar a vida do seu filho e que ele tomou o policial instrutor como referência de vida, admirando-o e despertando o desejo de ser como ele.

O Proerd é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar que, em parceria com a Escola e as famílias, educa e prepara crianças e jovens para a valorização da vida e de uma sociedade mais saudável e feliz. Fonte: ASCOM

 Esportes
  01 Julho de 2017
FUTEBOL HOJE
Seleção de Montalvânia enfrenta Construmendes, da cidade de Lontra, nesta sábado (1º), pelas semifinais da 2ª Copa Norte de Minas de Futebol.

Neste sábado (1º) tem jogão de bola pelas semifinais da 2ª Copa Norte de Minas de Futebol. A Seleção de Montalvânia, MEC, irá jogar em casa, no Campo do Projeto Gol Solidário, às 15h40, contra o Construmendes, da cidade de Lontra, que vem com tudo em busca da vitória, após vencer o atual vice-campeão da Copa, e equipe rival da mesma cidade, o CREU.

A responsabilidade é grande, mas o time está preparado e conta com o apoio da fiel torcida e com um reforço de peso, o jogador profissional Léo Mineiro, que é de Montalvânia e faz parte da equipe do Clube Atlético Patrocinense – CAP, atual campeão do Módulo II do Campeonato Mineiro.

No último jogo, em casa, a Seleção de Montalvânia empatou em 3 x 3 com a equipe de Coração de Jesus. No jogo de volta, nossa Seleção venceu os donos da casa por 2 x 0, com gols de Adriano e Gustavo.

Precisamos vencer para jogar com mais tranquilidade no jogo de volta.

Boa sorte aos nossos atletas!

Vamos apoiar nossa seleção e incentivar o esporte de nossa cidade.

Com seu apoio nosso esporte se torna cada vez mais forte. Fonte: ASCOM

 Energia elétrica
  01 Julho de 2017
BANDEIRA AMARELA
Conta de luz de julho volta a subir, com a adoção da bandeira amarela.
A conta da energia elétrica voltará a ficar mais cara em julho. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira de julho será amarela, com acréscimo de R$ 2 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos. Em junho vigorou a bandeira verde, sem cobrança extra.

GERAÇÃO
A falta de chuva nos últimos dias de junho nas regiões Sul e Sudeste reduziu o volume de água para geração hidrelétrica, o que provocou a troca da bandeira tarifária em julho.
 Confraternização
  30 Junho de 2017
VALORIZAÇÃO DAS FAMÍLIAS
Arraiá do CRAS acontece num clima de união e alegria.

Um bonito e animado encontro de gerações onde reinou a confraternização e a alegria. Assim foi o Arraiá do CRAS, que aconteceu nesta quinta-feira (29) no Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes. O ambiente foi lindamente decorado pela coordenadora do CRAS, Socorro Viana e sua equipe, para receber as famílias cochaninas para a festança que teve quadrilha, forró com Hélio e Trio Maringá e muita comida e bebida a vontade. Teve caldo de frango, canjica, farofa, bolo, quentão, pipoca... tudo para fazer a alegria dos animados caipiras, de todas as idades, que demonstraram muita alegria, vitalidade e vigor durante toda a festa.

O CRAS é o Centro de Referência de Assistência Social onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Foi uma gostosa interação entre crianças, jovens, adultos e idosos referenciados dos Grupos de Convivência de Idosos e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Um alegre e animado arraiá onde o objetivo maior foi a união, a inclusão e a valorização das famílias. Fonte: ASCOM

 Confraternização
  30 Junho de 2017
CONFRATERNIZAÇÃO JUNINA
NASF promove delicioso café da manhã junino.

Muita vitalidade e alegria foram o que demonstraram os convidados para o delicioso e farto café da manhã do NASF, nesta sexta-feira (30) no Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes neste dia em que se encerram as festas juninas.

Teve quadrilha improvisada, comidas e bebidas típicas, muita animação e alegria num gostoso encontro entre amigos.

O NASF é o Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF, composto por profissionais de diferentes áreas de conhecimento que atuam em conjunto com os profissionais das equipes de Saúde da Família, compartilhando e apoiando as práticas em saúde dessas equipes. Possui educadores físicos, fisioterapeutas e nutricionista e realizam um bonito e importante trabalho no município.

Na abertura a educadora física, Nádia Bitencourt, falou da importância do trabalho dos profissionais e agradeceu o apoio de todos que colaboram para o sucesso da equipe, que está fazendo a diferença para as famílias cochaninas.

O secretário de Saúde, José Afonso Filogônio Ferreira, reforçou a importância e dedicação dos profissionais do NASF e agradeceu a presença das pessoas que estavam ali se confraternizando e se divertindo.

O pároco do município, Padre Paulo Roberto Silva, abençoou o ambiente e o evento dizendo que onde existe alegria Deus está presente.

Houve quadrilha improvisada onde todos demonstraram muito vigor e vitalidade numa animada brincadeira.

Foi um evento maravilhoso onde todos se sentiram valorizados e felizes como uma grande família. Fonte: ASCOM

 Vaquejada
  29 Junho de 2017
FEIRA DA MATA
Tudo pronto para uma das maiores vaquejadas da região.

A cidade de Feira da Mata, no Oeste da Bahia, se prepara para realizar uma das maiores vaquejadas da região, no Parque Herculano Tibúrcio, que carrega com ele uma história de sucesso, na pista são várias edições de grandes vaquejadas, que já premiaram vaqueiros de todas as regiões em diversas categorias e em grandes circuitos.

Paralelo à vaquejada, vai acontecer a 1ª Exposição Agropecuária, shows musicais com artistas locais e renomados a exemplo de Bonde do Forró.

O evento começa nesta sexta-feira (30) e vai até 1 de julho, com R$ 55 mil distribuídos entre profissionais, amadores e aspirantes. Tudo isso no conforto de um dos parques mais bem estruturados do Oeste. Fonte: www.folhadovale.net


 BR 135
  29 Junho de 2017
COMÍCIO DE ARLEN TERMINA EM FIASCO
Paulo Guedes reage à tentativa de adversários em assumir paternidade do asfalto entre Montalvânia e Monte Rei.

O risco negro do asfalto corta o sertão e vira motivo de disputa entre políticos. Homem observa, solitário, fala de Arlen Santiago durante comício para "inauguração" do asfalto em Montalvânia.

Os deputados Arlen Santiago (estadual) e Zé Silva (federal) não foram muito felizes ao tentar botar seus bois para pastarem no capim guiné da pavimentação da BR-135, iniciada em 2010 e ainda sem conclusão. Falta pavimentar o subtrecho entre Manga/Itacarambi. A falência do Estado brasileiro fez minguar as inaugurações de obras públicas por todo do lado e agora os políticos disputam, como urubus na carniça, as oportunidades escassas de fazer proselitismo junto aos seus eleitores.

O Brasil é, a bem da verdade, um cemitério de obras paradas, pela simples razão de que não há dinheiro para nada. O país é também esse deserto de decência, pelos motivos que o noticiário expõe todo santo dia. É total a descrença da população com as suas lideranças, mas parece que os políticos ainda não entedram o recado: insistem em pousar como os benfeitores do dinheiro suado arrecadado com os impostos de uma das cargas tributárias mais altas do mundo.  

A inauguração do subtrecho da BR-135 entre Montalvânia e o distrito de Monte Rei, no extremo norte-mineiro, com extensão de 18,4 quilômetros, virou motivo de disputa entre os atuais deputados, alguns de inexpressiva representatividade naquela microrregião, desde sempre esquecida pelo poder público. Os deputados estaduais Arlen Santiago (PTB) e Paulo Guedes (PT), além do federal José Silva (Solidariedade), disputam a paternidade da obra. 

Arlen e Zé Silva montaram palanque no final da quinta-feira (22) para ‘inaugurar’ o asfalto entre Montalvânia e Monte Rei, obra autorizada ainda no governo do então presidente Lula, em junho de 2010, pelo ministro dos Transportes do turno Luiz Sérgio Passos. O comício de Arlen Santiago foi um fiasco total. Menos de 100 pessoas compareceram ao evento, anunciado à exaustão em carros de som pelas ruas da cidade e nas redes sociais.

Os deputados tinham planejado colocar a placa com a inauguração da obra, mas desistiram depois que o Departamento de Infraestrutura de Transportes (Dnit), resolveu não enviar representante para participar do ato político.   

Esperada há décadas, a pavimentação da BR-135 só começou a virar realidade depois que o então ministro Passos fez visita relâmpago à região para assinar as ordens de serviços para a pavimentação de três subtrechos da rodovia, um deles foi esse que a dupla Zé Silva e Arlen ‘inauguraram’ esta semana. Naquela ocasião, a visita do ministro foi ciceroneada pelo então deputado federal Virgílio Guimarães e o ainda deputado estadual Paulo Guedes, ambos petistas. 

Era o auge do chamado lulopetismo, com suas promessas de transformar o país, e o Norte de Minas junto, na terra prometida, onde abundaria leite e mel e, com um pouco de sorte, pedaços de asfalto para livrar o sofrido povo sertanejo da convivência secular com a poeira e a lama durantes suas andanças pelas estradas daquele pedaço dessa Minas profunda e abandonada.

 Asfalto da BR-135, ainda inconcluso no trecho Manga-Itacarambi, é alvo de disputa entre Zé Silva, Arlen e Paulo Guedes: filho bonito tem muitos pais  

Por que o comício de Arlen e Zé Silva foi um fiasco é uma questão em aberto. O fato é que foi. Segundo uma fonte próxima o prefeito de Manga Santiago, Joaquim de Oliveira, o Quinquinha do Posto Shell (PPS), aliado de primeira hora de Arlen Santiago, arranjou uma desculpa para deixar Montalvânia mais cedo e sem discursar. Temia ser fotografado no trio elétrico sem plateia para assistir a falação dos deputados e quejandos.     

Pode ser que o povo não suporte mais a cara de pau dos políticos. O deputado Paulo Guedes avalia que o boicote da população de Montalvânia foi um reconhecimento do seu trabalho em favor da estrada, mas vai saber. Guedes precisa fazer sua "inauguração"particular para mostrar se leva mais gente à praça. O petista reagiu à investida de Arlen e Zé Silva com comunicado publicado nas redes sociais.

Guedes chamou de "oportunista" os deputados Arlen e Zé Silva, aliados do senador afastado Aécio Neves, que, naturalmente, não plantaram o capim em que agora colocam os burros da sua propaganda enganosa para pastar. O PSDB de Aécio, a quem os dois são conhecidos serviçais, ficou no Palácio Liberdade por 11 anos e não e tem notícia do trabalho de ambos em favor da BR-135. Se não agem com o espírito da provocação, certamente queriam demonstrar que os são os novos donos do curral eleitoral do extremo Norte de Minas.   

É do jogo da política requerer o DNA do filho bonito. Paulo Guedes paga o preço da leniência dos governos do seu partido, que deixaram essa e outras tantas obras pela metade do caminho. Sem falar da incompetência que levou a ex-presidente Dilma Rousseff para o cadafalso do golpe parlamentar, por absoluta falta de tato e jogo de cintura, que agora seu sucessor Michel Temer usa e abusa para jogar o país em merda pior do que já nos encontramos todos.

Na sua nota, Guedes lembra que a "sua luta" pelo asfalto da BR-135 começou há quase 20 anos, quando eu ainda era vereador da cidade de Manga. “Nossa busca pela realização desse sonho não teve tréguas. Juntamente com o ex-deputado Virgílio Guimarães, organizamos protestos, mobilizamos vereadores, prefeitos, ministros e presidentes; foram inúmeras idas a Brasília e incontáveis reuniões para conseguir os recursos e vencer a burocracia que nos desafiava o tempo inteiro, escreveu o petista.

Guedes se diz surpreso com a atitude dos deputados Arlen Santiago e Zé Silva, que nunca batalharam pela obra e agora, e que agora vão à região para dizer que são os responsáveis pela chegada do asfalto. "Arlen sempre torceu contra e o segundo sequer era deputado quando a obra foi autorizada. Sem nada para mostrar à população, montam uma suposta inauguração sem qualquer autorização do Dnit, antes mesmo da empresa ter concluído os trabalhos", denuncia o petista.

"Não importa a cor do gato"

Os dois primeiros trechos da BR-135 na região, Manga a Monte Rei e Montalvânia até a divisa com a Bahia, foram concluídos em 2012, ainda durante o governo de Dilma Rousseff. Já o subtrecho Monte Rei-Montalvânia teve a obra interrompida no final de 2011, após a empresa vencedora da licitação ter quebrado e deixado o canteiro de obras. Guedes diz que continuou na luta pela retomada do asfalto e teria conseguido, em novembro de 2014, três anos depois, durante o governo da presidenta Dilma, a contratação de uma nova empresa, o que possibilitou a conclusão da obra.

O deputado petista promete participar da "inauguração verdadeira" do asfalto, assim que o Dnit der a obra como finalizada. "Vamos comemorar e reconhecer o trabalho de todos aqueles que realmente lutaram pela BR-135", diz. 

Ainda sobre a paternidade da BR-135 entre Itacarambi e a divisa com a Bahia é preciso fazer justiça com o vice-presidente nos dois mandatos de Lula, o norte-mineiro José de Alencar, morto em 2011. Partiu dele o gesto concreto de chamar o grupamento de engenharia do Exército para tirar as amarras que atrasavam o projeto, durante passagem como interino pela Presidência da República.

Pragmático, Zé de Alencar costumava dizer que não importa a cordo do gato, o que interessa é se ele consegue caçar o rato. Vale para Arlen Santiago e Zé Silva.

A dupla têm ainda uma de aparecer bem na foto dos políticos que brigaram pelo asfalto. Há ainda 30 quilômetros de poeira e lama na BR-135 no trecho entre Manga e o povoado de Rancharia. Que tal a dupla correr atrás do prejuízo e consegui a retomada da obra, antes que o periclitante governo Temer vire cinzas e apareçam novos donos para esse do atraso em que se torno o extremo Norte de Minas?  Fonte: www.luisclaudioguedes.com.br

 Novidade
  29 Junho de 2017
WHATSAPP
Aprovado o uso de WhatsApp para intimações judiciais, se partes aderirem voluntariamente.

O Conselho Nacional de Justiça aprovou a utilização do aplicativo de celular Whatsapp como ferramenta alternativa para a apresentação de intimações em todo o Judiciário. O uso do WhatsApp como ferramenta de comunicação de atos processuais teve início em 2015.

FACULTATIVO

Portaria sobre o assunto esclarece que o uso do aplicativo é facultativo e só pode acontecer quando todas as partes envolvidas no processo aderirem aos seus termos voluntariamente.

INTIMAÇÕES

A norma prevê ainda a utilização do WhatsApp apenas para a realização de intimações. Além de facultativa, a portaria exige a confirmação do recebimento da mensagem no mesmo dia do envio; caso contrário, a intimação da parte deve ocorrer pela via convencional.

 Polícia
  28 Junho de 2017
VANDALISMO
Ponte sobre o rio Cochá, na comunidade de Novo Horizonte, sofre princípio de incêndio.

Parece que algo ou alguém conspira contra o sucesso desta atual Administração. Após sabotarem o ônibus da Saúde que transporta pacientes para tratamento fora domicílio, colocando areia no motor e pondo em risco a vida de 43 pacientes em busca de tratamento de saúde, na sua maioria idosos, um ato de vandalismo chocou a cidade.

Na segunda-feira (26) a noite funcionários do Departamento de Obras que trabalhavam na região de Novo Horizonte e já estavam descansando foram avisados de que a ponte sobre o rio Cochá que dá acesso a comunidade estava pegando fogo.

Os funcionários saíram às pressas e ainda tiverem tempo de conter o princípio de incêndio, evitando prejuízos ao Município e até uma tragédia.

A ponte, que foi recebida pela atual Administração em péssimo estado de conservação, com várias tábuas faltando, o que deixava buracos à vista, colocando em risco a vida de motoristas e das pessoas do local, havia tido as tábuas trocadas, pondo fim aos buracos, na segunda-feira (26), pela manhã, enquanto aguarda a liberação de recursos para uma reforma total.

Mas logo após o serviço de manutenção, no mesmo dia a noite, tentaram por fogo na ponte que, se tivesse sido queimada iria atrapalhar bastante a vida de muita gente, além de causar prejuízo ao Município.

A notícia só chegou hoje porque os servidores ficaram na localidade terminando outros serviços e só chegaram á cidade na noite desta terça-feira (27).

O chefe de Departamento de Obras, Cleomar Pereira da Silva, acionou a Polícia Militar e registrou um Boletim de Ocorrência.

O caso será investigado e apurado.

Fernando Abreu / Jornalista

 Polícia
  27 Junho de 2017
TRAGÉDIA
Perdemos um grande amigo pelas mãos de um assassino covarde e frio.

Uma tragédia aconteceu em Montalvânia neste fim de semana. Uma família honesta, de pessoas trabalhadoras, dignas, amigas e de bem, perdeu um dos seus filhos, num ato covarde e frio. Paulo Jorge Fagundes, 38 anos, o Jorginho, pedreiro, trabalhador e conhecido por ser uma pessoa pacata, amigo de todos e uma pessoa do bem e da paz, foi covardemente assassinado por um vendedor ambulante que vivia na cidade há alguns anos e ninguém sabia sua verdadeira origem.

De acordo com relatos de populares, Jorge estava em uma festa entre amigos, comemorando o São João, quando, de repente, o autor, que usava o nome de Marcelo (De óculos escuro na foto), genro do proprietário da casa onde acontecia a festa, começou uma discussão por conta de 10 reais, valor este que tinha sido usado para abastecer uma moto da vítima que havia sido emprestada ao autor. Do nada o assassino começou a desferir golpes de faca em Jorge, no rosto e no pescoço, que caiu ao solo e morreu instantaneamente. O assassino ainda desferiu um golpe na mão do sogro que tentou segurá-lo. Após o crime, Marcelo fugiu e não se sabe do seu paradeiro.

A família Fagundes, nossa vizinha por muito tempo e, pela qual temos muita consideração, carinho, respeito e amizade, sofre e chora a dor da perda, e ainda por um motivo fútil e de forma tão violenta.

Nossos sentimentos à toda família. Rogamos a Deus para que dê um bom lugar à alma de nosso amigo Jorginho e que possa confortar os corações de todos. À Lourdinha, Domingos, Céu, Paulene, Dedé, Marcone, Beto... e todos os irmãos, nossos sentimentos de pesar.

Externamos aqui a nossa tristeza e compartilhamos da dor de vocês. Mas aproveitamos para reforçar nosso sentimento de amizade, amor, carinho, consideração e respeito a todos. Que Deus dê consolo a vocês.

O assassino está foragido. Quem tiver alguma pista deste bandido, por favor, ligue para a Polícia Militar de sua cidade. A família, os amigos e toda a cidade agradece.

Fique em paz amigo, Jorge...

“Mais fortes são os desígnios de Deus.”

Fernando Abreu / Jornalista

 Festa
  27 Junho de 2017
SÃO JOÃO EM POÇÕES
Festa de São João em São Sebastião de Poções.

Prefeitura Municipal de Montalvânia.

 Polícia
  27 Junho de 2017
SABOTAGEM
Ônibus do município que leva pacientes para tratamento de saúde em Montes Claros é sabotado.

Nesta segunda-feira (26) aconteceu um fato bastante curioso em Montalvânia, de uma maldade sem tamanho. Sabotaram o ônibus do programa Tratamento Fora do Domicilio – TFD, que leva pacientes à Montes Claros para consultas, cirurgias, tratamento oncológico e de glaucoma entre outros. O veículo ficou impossibilitado de seguir viagem e os 43 passageiros, já todos agendados, perderam a viagem e suas consultas, cirurgias e tratamentos. Mas poderia ter sido pior, conforme o motorista do veículo.

O motorista do ônibus, Luciano Cândido da Silva, disse que chegou ao almoxarifado da Prefeitura, ligou o veículo, como sempre fez, e o deixou esquentar, enquanto isso ele fez uma limpeza no veículo, com ele funcionando. Quando foi sair notou que o carro não acelerava e nem desenvolvia. Foi quando o motorista notou que havia algo de errado e chamou o mecânico para conferir.

O mecânico Antônio Severo abriu o motor e constatou que o mesmo estava cheio de areia, o que impossibilita um veículo de se locomover e pode até fundir o motor.

O motorista disse que ele poderia ter seguido viagem e, só depois, já na estrada, o problema apareceria, o que colocaria a vida dos passageiros em risco. Mas que ele notou algo de errado antes mesmo de sair da garagem da Prefeitura, evitando contratempos e até uma possível tragédia.

Por conta disso o veículo ficou impossibilitado de fazer o transporte dos passageiros porque, de acordo com o mecânico, é preciso retirar o motor para lavá-lo e ainda verificar se a areia não atingiu outras peças que possam comprometer ainda mais o seu funcionamento.

A Secretaria de Saúde irá remarcar os tratamentos, consultas e cirurgias que estavam agendadas. O secretário de Saúde, José Afonso Filogônio Ferreira, disse que a Secretaria está tomando todas as providências para que o problema seja resolvido o mais rápido possível e o veículo volte a fazer as viagens nas datas pré-estabelecidas.

O secretário municipal de Transportes, Jéferson Vieira Rocha, acionou a Polícia Militar para registrar ocorrência e vai instaurar um processo administrativo para apurar e investigar o caso. Fonte: Prefeitura de Montalvânia

 Festa
  23 Junho de 2017
ARRAIÁ DO NASF
NASF promove encontro junino para seus usuários em Capitânia.

A equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF, realizou nesta quarta-feira (21) no PSF Pro Vida, distrito de Capitânia, o Arraiá do NASF, para seus usuários, na maioria idosos.

Todos se divertiram com brincadeiras, comidas típicas, forró e muita animação.

Um momento de descontração, lazer e diversão para a turma da Melhor Idade.

Prefeitura de Montalvânia. Um Novo Tempo começou.

 Polícia
  22 Junho de 2017
MONTALVÂNIA URGENTE
Polícia Civil prende mais um suspeito de roubo na cidade.

Há algum tempo a população de Montalvânia, que vinha sofrendo constantes furtos a residências e comércios, vive dias de paz com a prisão de vários bandidos, envolvidos nesses delitos. 

Mas, mesmo com os meliantes presos, outros roubos voltaram a acontecer. 

De acordo com informações da Polícia Civil da cidade, o aposentado Wilson Pereira da Silva, acionou a Polícia por ter sido assaltado em uma rua do bairro Guarabira, há alguns dias.

Após o assalto, em que o suspeito fugiu, a Polícia Civil foi em busca de pistas que pudessem localizar o autor do roubo e nesta quinta-feira (22), prendeu Welisson Rosa da Silva, 20 anos, vulgo Zói, por ter, segundo a Polícia Civil, assaltado o aposentado. Zói está a disposição da Justiça e a cidade volta a viver dias de paz e tranquilidade. Vamos ver até quando.

Fernando Abreu / Jornalista

 BR 135
  22 Junho de 2017
COMEMORAÇÃO
Prefeito Dr. José convida para a comemoração da conclusão de trecho pavimentado da BR-135.

O prefeito Dr. José Ornelas, s deputados Zé Silva (Federal), Arlen Santiago (Estadual) e a Câmara de Vereadores convidam você e sua família para a comemoração da conclusão da pavimentação asfáltica da BR-135, trecho de 18 Km entre Montalvânia e o distrito de Monte Rei (Juvenília), nesta quinta-feira (22) no Trevo do Bairro Guarabira, a partir das 17 horas.

A partir das 20 horas shows musicais na Praça Cristo Rei com Trio Ondas e Raízes do Forró.

Vá e leve sua família.

 Economia
  21 Junho de 2017
BANCOS TÊM 1,2 BILHÃO DE REAIS DO PIS À ESPERA DO SAQUE DE TRABALHADORES ATÉ 30 DE JUNHO
Os trabalhadores que ainda não sacaram têm até o dia 30 deste mês para sacar o abono do PIS.

O valor varia de 78 reais a 937 reais, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou em 2015. 

DIREITO

Quem não sacar até 30 de junho perde direito ao benefício. Juntas, estas pessoas têm direito a receber 1,28 bilhão de reais. 

PROPORCIONAL

O pagamento é proporcional ao período trabalhado. Quem trabalhou o ano todo recebe 937 reais. Quem trabalhou um mês, recebe o equivalente a 1/12 de 937 reais, ou seja, 78 reais.

 Comemoração
  16 Junho de 2017
CENTENÁRIO DE ANTÔNIO MONTALVÃO
Fotos

Exposição de fotos contando a história de Antônio Montalvão e Memorial Montalvão.


Lançamento do livro "Antônio Montalvão - Idealismo e lutas no sertão mineiro" de Kátia Montalvão.


Desfile cívico das escolas estaduais e municipais.


Desfile cívico das escolas estaduais e municipais.


Desfile cívico das escolas estaduais e municipais.


Desfile cívico das escolas estaduais e municipais.

Fernando Abreu / Jornalista

 Comemoração
  16 Junho de 2017
CENTENÁRIO DE ANTÔNIO MONTALVÃO

Apresentação de orquestra de violão e flauta com estudantes de Montalvânia e Juvenília, das oficinas de música destas cidades com o professor Alex Silva, agora há pouco na Praça Cristo Rei.

Fernando Abreu / Jornalista

 Comemoração
  13 Junho de 2017
CENTENÁRIO DE ANTÔNIO MONTALVÃO
Nesta terça-feira (13) Montalvânia vai estar em festa, pois, comemora-se o Centenário do seu fundador: Antônio Montalvão
O Memorial e a família Montalvão, com apoio da Prefeitura, preparam uma grande festa com alvorada, desfile cívico, lançamento de livro e show musical na Praça Hiparco.

A Prefeitura, em parceria com os Correios, faz o lançamento do Selo Comemorativo do Centenário.


Confira a programação e conheça a história deste grande homem que fundou uma cidade em pleno sertão dos Gerais.

Antônio Lopo Montalvão nasceu no dia 13 de junho de 1917 em Nhandutiba, zona rural de Manga. Mas só começou a entrar na História em 1949, quando voltou de um exílio forçado. Aos 22 anos, metera-se numa briga em Goiânia e matara o capataz de um chefe político local. Fugido, foi parar em Buenos Aires. Depois de dez anos, estava de volta. Voltou sabido, cheio de requintes, diferente do homem que não havia passado da terceira série primária.

E voltou com um projeto: fundar uma cidade e torná-la um centro de desenvolvimento no coração do país. 
Erguer a cidade foi fácil. Difícil era emancipá-la do município de Manga e do poder dos coronéis João Pereira e Dominiciniano Pastor Filho.

Montalvão não era muito chegado em política, mas inventou de virar prefeito de Manga para o bem do projeto. Assumiu em 1959, quebrando longa tradição coronelesca e ganhando o ódio dos inimigos. Então, num dos lances mais insólitos de sua vida, Montalvão pôs a prefeitura de Manga embaixo do braço e a carregou para Montalvânia.

Numa noite chuvosa de 1960, o agente fiscal do município, a mando de Montalvão, punha numa mala todos os livros necessários ao pleno funcionamento da prefeitura.

Ninguém soube de nada até o dia seguinte, quando a prefeitura de Manga amanheceu a 80 quilômetros dali, no centro de Montalvânia. Embora tecnicamente fosse um povoado do distrito de Poções, Montalvânia naquele momento era mais cidade que Manga. Tinha água encanada, rede telefônica, posto de saúde, correio, campo de aviação. Dois anos depois, virava município.

Vencida essa parte do plano, Montalvão saiu da política para dedicar-se ao progresso da cidade e ao Instituto Filantropo Cochanino, centro de estudos esotéricos que ficava no topo do Monte Lopino, às margens do Rio Cochá. Meteu na cabeça que devia criar um eixo de desenvolvimento entre Brasília e Montalvânia. Em 1966, partiu de foice na mão, 40 homens atrás, abrindo picada. Traçou 543 quilômetros de estrada, pôs uma camionete Willys verde para rodar, sentou-se ao volante e inaugurou uma linha direta com a capital: "Montalvânia-Brasília: um pulo de sapo". Fez isso por dois anos.

Montalvão voltou a ser prefeito só em 1973. Candidato único. Quase perdeu para os votos em branco. "Ele tinha opiniões muito radicais. Tudo deveria ser do jeito que ele queria", diz o atual prefeito, José Florisval de Ornelas. Dinheiro não havia, mas o progresso tinha de vir. Durante seu mandato, Montalvão vendeu duas fazendas para asfaltar Montalvânia. Orgulhoso, soltou um belo boi branco para circular sobre o asfalto: era o deus Ápis. E ai de quem fizesse dele um bife.

"Quando meu pai virou prefeito, dispôs de recursos próprios para melhorar Montalvânia", diz Cássio Montalvão, um de seus sete filhos. "Depois que ele saiu, a gente não tinha mais nada. Passamos necessidade, fomos morar em barracão." Seu mandato foi cravado de críticas, e com razão: a política já não interessava a Montalvão. Muito mais inspiradoras eram as pinturas rupestres ao redor da cidade, o que ele chamava de "Bíblia de Pedra".


Montalvão não estava só. Tinha sempre João Vieira a seu lado. "Percorri essa serra toda atrás das pinturas. Enfrentei muita onça pra achar essas grutas", conta João Geólogo, como é chamado. Acordo simples: João ia atrás das inscrições rupestres e o outro lhe pagava a descoberta. Nisso, o escudeiro fiel encontrou mais de cem sítios arqueológicos. "Quando era garoto, eu achava que as pinturas eram coisa dos índios, mas o Montalvão dizia que era de uma civilização muito antiga, que andava de avião e disco voador. Quando veio o Dilúvio, eles foram para Marte. Depois o mundo tornou a criar nova vida, que somos nós." Com a ajuda de jovens médiuns, Montalvão identificava ele mesmo cada pintura e batizava cada sítio: Lapa da Hidra, Labirinto de Zeus, Lapa de Possêidon, Abrigo dos Diplodocus. Os peixes eram submarinos. Os triângulos, naves interplanetárias. As figuras antropomorfas, divindades africanas, gregas, hindus, andinas, javanesas ou tudo isso ao mesmo tempo.

Na Lapa de Gigante viu a imagem de um homem e achou que lá devia estar enterrado o corpo de um gigante. Mandou João Geólogo escavar 12 metros e, pois, eis que surge a ossada de uma preguiça-gigante. Ponto para Montalvão, que exibe orgulhoso na cidade a prova física de sua bizarra teoria. O caldo que mistura mitologia, botânica, astronomia, bioquímica e uma farta dose de ficção científica está todo documentado. Sob os auspícios do Instituto Filantropo Cochanino, Montalvão lançou na década de 70 cinco edições da Revista do Brasil Remoto, com suas próprias interpretações das pinturas (veja algumas no quadro) e mais dois livros: Cordeiro Vestido de Lobo ¬ Antificção das Ficções Sonambúlicas e Analogias do Naturalismo Universal, nos quais contesta, de uma só vez, Lavoisier, Newton e Einstein. Tinha planos de lançar mais 12. Montalvão sustentava a firme convicção de que Montalvânia fora erguida no centro do universo, no "Omphalo Delos, o nó umbilical por sobre o ventre tartárico".

Ou seja: a divisão dos hemisférios não estaria no Equador, e sim numa linha curva que ¬ surpresa ¬ passa sobre o norte de Minas. Todos os mitos, todas as lendas teriam nascido em Montalvânia, à beira do Cochá ¬ "Mama Cocha, o Lago Matriz onde surgiu a humanidade" ¬ e se espalhado pelo mundo depois que os atlantes foram para Marte: "A fase do penúltimo dilúvio ocorrido há 33 mil anos correspondeu à ruptura do saco amniótico da raça humana, quando os marcianos de Adonai (...) transportaram primitivos tupis (...) para a Groenlândia. E assim como tudo começou aqui, tudo começará de novo," vaticina Montalvão.

"O fado de Montalvânia, como berço da humanidade fermentável e como sua própria campa, será o novo berço da humanidade destilada, com seu campanário na voz dessas pedras falantes." Enquanto a humanidade destilada não aparece, Montalvânia continua sendo um dos municípios mais pobres de Minas Gerais. Seus 17 mil habitantes vivem da pecuária e esperam há anos por uma rodovia asfaltada que os leve ao menos até Manga. "Não herdamos nada dele", resume Cássio Montalvão. "Só o orgulho de ter sido filho dele, de carregar o sobrenome.

Montalvão morreu em 30 de junho de 1992, aos 75 anos, de ataque do coração. Morreu só, deitado na rede, na sede do Instituto Filantropo Cochanino, cercado de gatos que julgava serem encarnações de divindades hindus. Ao lado da sua casa ergueram um Cristo de concreto com uns bons 5 metros de altura. Lugar bom, alto, para todo mundo ver.

Fernando Abreu / Jornalista
 Saúde
  07 Junho de 2017
CHIKUNGUNYA
Minas registra 16.175 casos de chikungunya no ano e está em situação de alerta.

Minas Gerais está em situação de alerta para chikungunya, já que o número de casos prováveis da doença superou muito o registrado em anos anteriores. Dados da Secretaria de Saúde mostram que, em 2017, até o momento, foram noticiados 16.175 casos prováveis de chikungunya e, deste total, 89 são gestantes. 

PRIMEIROS

Em 2016, foram confirmados os primeiros casos de chikungunya contraídos no estado. Até 2015, todos os casos notificados eram vindos de outros estados ou países. Os casos prováveis de chikungunya estão concentrados nas regiões de Governador Valadares e Teófilo Otoni. Neste ano, Minas Gerais já registrou 11 mortes suspeitas pela doença.

 FGTS
  05 Junho de 2017
NOVIDADE
Contas ativas e inativas de FGTS terão rendimento extra.

As contas do FGTS terão direito a rendimento maior. A regra vale tanto para as contas ativas quanto as inativas. A informação é da Caixa Econômica Federal. A remuneração adicional está prevista em medida provisória aprovada pelo Congresso. Os trabalhadores que já sacaram o dinheiro depositado nas contas inativas também terão direito à remuneração adicional.

SAQUE

A diferença é que esse rendimento adicional não poderá ser retirado imediatamente por quem sacou o dinheiro da conta inativa. A Caixa Econômica Federal informou que o dinheiro deve ficar depositado na conta e só poderá ser sacado nos casos previstos em lei, como desemprego, aposentadoria e compra da casa própria.

 Saúde
  05 Junho de 2017
CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE
A partir de hoje (5) até 9 de junho, 10 milhões de vacinas aguardam nos postos de saúde quem quer se proteger contra gripe.

A partir de hoje (5), a vacina contra a gripe estará liberada para toda a população, enquanto durarem os estoques. 

ESTOQUE

A medida só é válida neste ano e foi adotada porque ainda há um estoque disponível de 10 milhões de doses, de um total de 60 milhões adquiridas. Até ontem, 76,73% do público-alvo, cerca de 41,3 milhões, havia se vacinado. A meta é alcançar 90%. 

INVERNO

A campanha foi prorrogada para até 9 de junho. As vacinas só valem por um ano. Como o organismo leva, em média, de 2 a 3 semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, o ideal é realizar a imunização antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai do final de maio até agosto.

 JEMG
  29 Maio de 2017
JUVENÍLIA É CAMPEÃ NO JEMG 2017
Juvenília em festa

Time de futsal da cidade é campeão no JEMG

Time de Futsal da Escola Estadual Antônio Ortiga faz bonito, vai para a final, vence a equipe de Miravânia por 3 a 2 e, invicto, sagra-se campeão da etapa microrregional dos Jogos Estudantis de MG – JEMG 2017, em Januária, neste sábado (27).

Os alunos-atletas, a equipe que os acompanham e toda a população da cidade estão imensamente felizes com a vitória.

O prefeito Rômulo Carneiro, a primeira dama Mariluce Carneiro, os secretários de Educação, Carlos Ferreira, de Esportes, Fernando Braúna, o diretor da escola, José Alves, o treinador, João Argemiro (Dãozinho), o professor e um dos responsáveis pela equipe vencedora, Alaripe Durães e demais professores e participantes da delegação do município estão com a equipe neste momento e comemoram esta importante conquista.

A população da cidade está em festa, comemora o ouro e torce pela vitória de seus representantes na etapa regional, que irá acontecer em uma dessas três cidades: Montes Claros, Diamantina ou Curvelo.

Parabéns e boa sorte aos nossos alunos-atletas e toda a equipe!

Prefeitura de Juvenília. Abrindo Caminhos para construir uma nova história.

 Economia
  25 Maio de 2017
CONTA DE LUZ TEM PROMESSA DE FICAR MAIS BARATA 6%, A PARTIR DE DOMINGO
A partir de domingo, os consumidores residenciais atendidos pela Cemig têm promessa de redução de 6,03% na conta de luz.

O percentual foi definido e anunciado pela Aneel. Para as indústrias, a redução na tarifa de energia será de 21,04%. 

BANDEIRAS

Apesar da redução definida pela Aneel, os consumidores devem continuar atentos ao consumo de energia, pois outros fatores podem encarecer a conta de luz, como as bandeiras tarifárias. Para o mês de maio, está em vigor a bandeira tarifária vermelha patamar 1, o que representa acréscimo de R$ 3 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A Cemig atende 8,2 milhões 774 municípios de Minas.