SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Publicidade: (77) 9 9949-4184
Parceiros1


Mural  Virtual

Quer divulgar algum evento, indicar um livro, um site interessante ou botar a boca no trombone? Utilize o nosso Mural virtual!

Nome: Cancerdemama
Cidade: Brasil
Liberado: 22/07/2014 às 21:15:47
Site: Não tem!
  Recado
O que é Câncer de mama? O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. O câncer da mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de câncer de mama em homens e mulheres é de 1:100 - ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. Tipos Existem diversos tipos e subtipos de câncer de mama. No geral, o diagnóstico para o câncer de mama leva em conta alguns critérios: se o tumor é ou não invasivo, seu tipo tipo histológico, avaliação imunoistoquímica e seu estadio (extensão): Tumor invasivo ou não Um câncer de mama não invasivo, também chamado de câncer in situ, é aquele que está contido em algum ponto da mama, sem se espalhar para outros órgãos - a membrana que reveste o tumor não se rompe, e as células cancerosas ficam concentradas dentro daquele nódulo. Já o câncer de mama invasivo acontece quando essa membrana se rompe e as células cancerosas invadem outros pontos do organismo. Todo câncer de mama in situ tem potencial para se transformar em um câncer de mama invasor. Avaliação Imunoistoquímica Também chamada de IQH, a avaliação imunoistoquímica para o câncer de mama avalia se aquele tumor tem os chamados receptores hormonais. Aproximadamente 65 a 70% dos cânceres de mama tem esses receptores, que são uma espécie de ancoradouro para um determinado hormônio. Existem três tipos de receptores hormonais para o câncer de mama: o de estrógeno, o de progesterona e o de HER-2. Esses receptores fazem com que o determinado hormônio seja atraído para o tumor, se ligando ao receptor e fazendo com que essa célula maligna se divida, agravando o câncer de mama. A progesterona e o estrógeno são hormônios que circulam normalmente por nosso organismo, que podem se ligar aos receptores hormonais do câncer de mama, quando houver. Já o HER-2 (sigla para receptor 2 do fator de crescimento epidérmico humano) é um gene que pode ser encontrado em todas as células do corpo humano, que tem como função ajudar a célula nos processos de divisão celular. O gene HER-2 faz com que a célula produza uma proteína chamada proteína HER-2, que fica na superfície das células. De tempos em tempos, a proteína HER-2 envia sinais para o núcleo da célula, avisando que chegou o momento da divisão celular. Na mama, cada célula possui duas cópias do gene HER-2, que contribuem para o funcionamento normal destas células. Porém, em algumas pacientes com câncer de mama, ocorre o aparecimento de um grande número de genes HER-2 no interior das células da mama. Com o aumento do número de genes HER-2 no núcleo, ficará também aumentado o número de receptores HER-2 na superfície das células. Tipo histológico O tipo histológico é como se fosse o nome e o sobrenome do câncer de mama. Os tipos histológicos de câncer de mama se dividem em vários subtipos, de acordo com fatores como a presença ou ausência de receptores hormonais e extensão do tumor. Os tipos mais básicos de câncer de mama são: Carcinoma ducta in situ:é o tipo mais comum de câncer de mama não invasivo. Ele afeta os ductos da mama, que são os canais que conduzem leite. O câncer de mama in situ não invade outros tecidos nem se espalha pela corrente sanguínea, mas pode ser multifocal, ou seja, pode haver vários focos dessa neoplasia na mesma mama. Caracterizase pela presença de um ou mais receptores hormonais na superfície das células. Carcinoma ductal invasivo:ele também acomete os ductos da mama, e se caracteriza por um tumor que pode invadir os tecidos que os circundam. O câncer de mama do tipo ductal invasivo representa de 65 a 85% dos cânceres de mama invasivos. Esse carcinoma pode crescer localmente ou se espalhar para outros órgãos por meio de veias e vasos linfáticos. Caracteriza-se pela presença de um ou mais receptores hormonais na superfície das células. Carcinoma lobular in situ: ele se origina nas células dos lobos mamários e não tem a capacidade de invasão dos tecidos adjacentes. É um tipo de câncer de mama que frequentemente é multifocal. O carcinoma lobular in situ representa de 2 a 6% dos casos de câncer de mama. Carcinoma lobular invasivo: ele também nasce dos lobos mamários e é o segundo tipo mais comum de câncer de mama. O carcinoma lobular invasivo pode invadir outros tecidos e crescer localmente ou se espalhar. Geralmente apresenta receptores de estrógeno e progesterona na superfície das células, mas raramente a proteína HER-2. Carcinoma inflamatório: raramente apresenta receptores hormonais, podendo ser chamado de triplo negativo. Ele é a forma mais agressiva de câncer de mama – e também a mais rara. O carcinoma inflamatório se apresenta como uma inflamação na mama e frequentemente tem uma grande extensão. O câncer de mama do tipo inflamatório também começa nas glândulas que produzem leite. As chances dele se espalhar por outras partes do corpo e produzir metástases são grandes. Doença de Paget: é um tipo de câncer de mama que acomete a aréola ou mamilos, podendo afetar os dois ao mesmo tempo. Ele representa de 0,5 a 4,3% de todos os casos de carcinoma mamário, sendo portando uma forma mais rara. Ele é caracterizado por alterações na pele do mamilo, como crostas e inflamações – no entanto, também pode ser assintomático. Existem duas teorias para explicar a origem da doença de Paget da mama: as células tumorais podem crescer nos ductos mamários e progredir em direção à epiderme do mamilo, ou então as células tumorais se desenvolvem já na porção terminal dos ductos, na junção com a epiderme. Estadiamento da doença O câncer de mama é dividido em quatro estadios ou estágios, conforme a extensão da doença, que vão do 0 ao 4: Estadio 0: as células cancerosas ainda estão contidas nos ductos, por isso o problema é quase sempre curável Estadio 1: tumor com menos de 2 cm, sem acometimento das glândulas linfáticas da axila Estadio 3: nódulo com mais de 5 cm que pode alcançar estruturas vizinhas, como músculo e pele, assim como as glândulas linfáticas. Mas ainda não há indício de que o câncer se espalhou pelo corpo Estadio 4: tumores de qualquer tamanho com metástases e, geralmente, há comprometimento das glândulas linfáticas. No Brasil cerca de 60 a 70% dos casos são diagnosticado em estadio 3 ou 4. Fatores de risco Os principais fatores de risco para o câncer de mama são: Histórico familiar Os critérios para identificar o risco genético que uma mulher tem de sofrer um câncer de mama são: Dois ou mais parentes de primeiro grau com câncer de mama Um parente de primeiro grau e dois ou mais parentes de segundo ou terceiro grau com a doença Dois parentes de primeiro grau com câncer de mama, sendo que um teve a doença antes de 45 anos Um parente de primeiro grau com câncer de mama bilateral Um parente de primeiro grau com câncer de mama e um ou mais parentes com câncer de ovário Um parente de segundo ou terceiro grau com câncer de mama e dois ou mais com câncer de ovário Três ou mais parentes de segundo ou terceiro grau com câncer de mama E dois parentes de segundo ou terceiro grau com câncer de mama e um ou mais com câncer de ovário. Idade As mulheres entre 40 e 69 anos são as principais vítimas de câncer de mama. Isso porque a exposição ao hormônio estrógeno está no auge com a chegada dessa idade. A partir dos 50 anos, particularmente, os riscos entram em uma curva ascendente. Menstruação precoce A relação entre menstruação e câncer de mama está no fato de que é no início desse período que o corpo da mulher passa a produzir quantidades maiores do hormônio estrógeno. Esse hormônio em quantidades alteradas facilita a proliferação desordenada de células mamárias, resultando em um tumor. Quanto mais intensa e duradoura é a ação do hormônio nas células mamárias, maior é a probabilidade de um tumor. Se a primeira menstruação ocorre por volta dos 9 ou 10 anos de idade, é porque os ovários intensificaram a produção do hormônio cedo e, assim, o organismo ficará exposto ao estrógeno por mais tempo no decorrer da vida. Menopausa tardia A lógica nesse caso é a mesma do caso acima - enquanto a menstruação não cessa, os ovários continuam a produzir o estrógeno, deixando as glândulas mamárias mais expostas ao crescimento celular desordenado. Reposição hormonal Muitas mulheres procuram a reposição hormonal para diminuir os sintomas da menopausa. Mas essa reposição - principalmente de esteroides, como estrógeno e progesterona - pode aumentar as chances de câncer de mama. Na menopausa, os tecidos ficam ainda mais sensíveis à ação do estrógeno, já que os níveis desse hormônio estão baixos devido à ausência de sua produção pelo ovário. Como alternativa à reposição hormonal, é indicada a prática de exercícios físicos e uma dieta balanceada. Colesterol alto O colesterol é a gordura que serve de matéria prima para a fabricação do estrógeno. Dessa forma, mulheres que altos níveis de colesterol tendem a produzir esse hormônio em maior quantidade, aumentando o risco de câncer de mama. Obesidade O excesso de peso é um fator de risco para o câncer de mama principalmente após a menopausa. Isso porque a partir dessa idade o tecido gorduroso passa a atuar como uma nova fábrica de hormônios. Sob a ação de enzimas, a gordura armazenada nas mamas, por exemplo, é convertida em estrógeno. O alerta é mais sério para aquelas que apresentam um índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30. A redução de apenas 5% do peso já cortaria quase pela metade os riscos de desenvolver alguns dos principais tipos de câncer de mama. A constatação é de pesquisadores do Centro de Prevenção Fred Hutchinson (EUA), com base na avaliação de dados de 439 mulheres acima do peso entre 50 e 75 anos de idade. Ausência de gravidez Mulheres que nunca tiveram filhos têm mais chances de ter câncer de mama devido a ausência de amamentação. Quando a mulher amamenta, ela estimula as glândulas mamárias e diminui a quantidade de hormônios, como o estrógeno, em sua corrente sanguínea. Lesões de risco Já ter apresentado algum tipo de alteração na mama não relacionada ao câncer de mama também pode aumentar as chances do surgimento de tumores. Dessa forma, pequenos cistos ou calcificações encontrados na mama, ainda que benignos, devem ser acompanhados com atenção. Tumor de mama anterior Pacientes que já tiveram câncer de mama têm mais chances de apresentar outro tumor - nesse caso, o câncer de mama é chamado de câncer recidivo, ou um câncer de mama que sofreu uma recidiva. Mais sobre Câncer de mama Câncer de mama e seus direitos Reabilitação profissional: o serviço da Previdência Social visa readaptar ou reeducar o profissional para o retorno ao trabalho, com o fornecimento de materiais necessários à reabilitação (tais como taxas de inscrição em serviços profissionalizantes e auxílios para transporte e alimentação). Todos os segurados da Previdência têm direito à reabilitação. Auxílio-doença: você terá direito ao benefício mensal desde que fique por mais de 15 dias com incapacidade para o trabalho atestada por perícia médica da Previdência Social e que tenha contribuído com o INSS por no mínimo 12 meses (embora haja exceções). Compareça pessoalmente ou por intermédio de procurador a uma agência da Previdência Social, preencha o requerimento, apresente a documentação exigida e agende a perícia. O auxílio-doença deixará de ser pago quando você recuperar a capacidade para o trabalho, ou caso o direito se reverta em aposentadoria por invalidez. Aposentadoria por invalidez: você terá direito ao benefício se for segurada da Previdência Social e a perícia constatar que está incapacitada permanentemente par ao trabalho. Via de regra, é preciso ter contribuído com o INSS por, no mínimo, 12 meses para obter o benefício. Compareça pessoalmente ou por procurador a uma agência da Previdência Social, preencha o requerimento, apresente a documentação exigida e agende a perícia. Você ainda pode requerer o auxílio-doença pela internet, no site da Previdência Social ou pelo telefone gratuito 135. Isenção de imposto de renda: você tem direito à isenção do imposto de renda sobre os valores recebido a título de aposentadoria, pensão ou reforma, inclusive as complementações recebidas de entidades privadas e pensões alimentícias, mesmo que a doença tenha sido adquirida após a concessão da aposentadoria, pensão ou reforma. Procure o órgão responsável pelo pagamento da aposentadoria, pensão ou reforma e solicite a isenção do imposto de renda que incide sobre esses rendimentos. IPTU: não existe uma legislação nacional que garanta a isenção do IPTU para pessoas com determinadas patologias, como o câncer de mama, mas, como se trata de um imposto municipal, algumas cidades já garantes a isenção. Informe-se na Secretaria de Finanças do seu município. Cirurgia de reconstrução mamária: você tem direito a realizar a cirurgia reparadora gratuitamente, tanto pelo SUS como pelo plano de saúde. Se estiver em tratamento no SUS, exija o agendamento da cirurgia no próprio local e, se não estiver, dirija-se a uma Unidade Básica de Saúde e solicite seu encaminhamento para uma unidade especializada em reconstrução mamária. Pelo Plano de Saúde, consulte um cirurgião credenciado. Compartilhando a experiência A solidão pode ser um sentimento que assola a paciente com câncer de mama. Mas lembre-se que você não está sozinha. Peça ajuda, compartilhe sua experiência, procure centros e locais que façam terapia em grupo. Dissemine seu conhecimento e sua luta contra o câncer de mama e ajude a quebrar o estigma que existe em torno da doença. Incentive as mulheres a fazer a mamografia, converse com suas amigas e colegas sobre a importância do exame. Relate sua experiência para entidades de apoio ao paciente ou crie um blog para dividir suas questões com os leitores. Perguntas frequentes Qual a porcentagem de cânceres de mama que acontecem por conta da mutação genética? A população geral tem cerca de 10 a 12% de riscos de desenvolver a doença. De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia, a presença da mutação entre os casos de câncer de mama gira em torno de 5 a 10%, sendo que 5% de todos os cânceres de mama são de mulheres com a mutação genética BRCA. Por isso, a maneira mais segura de tratar e prevenir é visitar o seu mastologista, quando indicado, e seguir suas orientações. Uma pessoa que tem risco comprovado para câncer de mama pode fazer uma mastectomia preventiva? Uma mulher com alto risco para câncer de mama pode, sim, optar por fazer a mastectomia preventiva. A mastectomia preventiva mamária consiste na retirada da região interna da mama - ou seja, da glândula mamária juntamente com os ductos mamários - que são os locais onde pode acontecer a formação de um tumor. Com a retirada do interior da mama, os riscos de câncer reduzem em até 90%. As chances do câncer ainda existem porque 10% do tecido mamário é preservado para a nutrir a pele, auréola e mamilo. Na cirurgia sempre serão removidas as duas mamas, daí a denominação de dupla mastectomia preventiva. Existem também tratamentos que usam os chamados anti-hormônios ou moduladores hormonais, que inibem a produção de estrógeno e impedem as células da mama de se multiplicarem. Esse tratamento, no entanto, é recomendado apenas para cânceres de mama hormonais - ou seja, que acontecem ou podem acontecer em decorrência de alterações hormonais - não sendo indicado para pessoas que tem o risco genético, por exemplo. Para pacientes com risco genético, uma alternativa é redobrar a atenção e acompanhamento da mamas, partindo para exames de rastreamento, como ultrassom de mamas e mamografias, em intervalos de tempos mais curtos, a cada seis meses, por exemplo, dependendo do que o seu médico considerar mais seguro. O objetivo nesse caso é identificar o câncer numa fase muito precoce e iniciar o tratamento adequado a partir desse diagnóstico. Sintomas de Câncer de mama A maioria dos tumores da mama, quando iniciais, não apresenta sintomas. Caso o tumor já esteja perceptível ao toque do dedo, é sinal de que ele tem cerca de 1 cm³ - o que já uma lesão muito grande. Por isso é importante fazer os exames preventivos na idade adequada, antes do aparecimento de qualquer sintoma do câncer de mama. Entretanto, o nódulo não é o único sintoma de câncer de mama. Veja outros sinais: Vermelhidão na pele Alterações no formato dos mamilos e das mamas Nódulos na axila Secreção escura saindo pelo mamilo Pele enrugada, como uma casca de laranja Em estágios avançados, a mama pode abrir uma ferida.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 22/07/2014 às 21:10:40
Site: Não tem!
  Recado
A Ouvidoria é um canal permanente de comunicação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com os cidadãos, entidades representativas da sociedade civil e órgãos públicos. O contato é pautado pelos princípios da ética e da transparência. Cada manifestação recebida pela Ouvidoria - por meio do portal institucional ou pelo telefone - é analisada e encaminhada ao setor competente. A Ouvidoria acompanha ainda as providências adotadas e as informa ao cidadão. Ao procurar a Ouvidoria do MPMG, o cidadão pode fazer sugestões ou pedidos de informações sobre as atividades desenvolvidas pela Instituição; reclamações, elogios ou críticas sobre a atuação de qualquer servidor ou membro do Ministério Público. Para entrar em contato com a Ouvidoria do MPMG ligue 127 gratuitamente ou (31)3330-8409 e (31)3330-9504. Para fazer sua denúncia on line utilize a guia Fale Conosco. Anonimato Quem pode falar com a Ouvidoria? Qualquer pessoa, brasileira ou não, pode apresentar suas dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões ou elogios, sobre assuntos relacionados ao Ministério Público. Anonimato Para entrar em contato com a Ouvidoria é necessário me identificar? Não. A opção é sua. Todavia, não tenha medo de identificar-se, pois a Ouvidoria do Ministério Público tem o dever ético e legal de resguardar o sigilo de seus dados pessoais. A Ouvidoria é um canal permanente de comunicação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com os cidadãos, entidades representativas da sociedade civil e órgãos públicos. O contato é pautado pelos princípios da ética e da transparência. Cada manifestação recebida pela Ouvidoria - por meio do portal institucional ou pelo telefone - é analisada e encaminhada ao setor competente. A Ouvidoria acompanha ainda as providências adotadas e as informa ao cidadão. Ao procurar a Ouvidoria do MPMG, o cidadão pode fazer sugestões ou pedidos de informações sobre as atividades desenvolvidas pela Instituição; reclamações, elogios ou críticas sobre a atuação de qualquer servidor ou membro do Ministério Público. Para entrar em contato com a Ouvidoria do MPMG ligue 127 gratuitamente ou (31)3330-8409 e (31)3330-9504. Para fazer sua denúncia on line utilize a guia Fale Conosco. Atenção! Denúncia caluniosa é crime (Art. 339 do Código Penal). Falsa denúncia é crime (Art, 340 do Código Penal). O canal mais rápido entre você e a Ouvidoria. Por favor use o formulário a seguir para enviar uma mensagem à Ouvidoria. Internamente ela será classificada como: - RECLAMAÇÃO: É a manifestação de insatisfação, desagrado, protesto sobre um serviço prestado, ação ou omissão do Ministério Público, da administração em geral e/ou servidor público, que o manifestante considera ineficiente, ineficaz e não efetivo. - DENÚNCIA: É a manifestação revestida de gravidade, atribuindo a responsabilidade do fato a instituição, órgão externo ou interno à instituição, agente público, pessoa física ou pessoa jurídica. - CRÍTICA: Manifestação que implica censura a ato, procedimento ou posição adotada pela instituição, por meio de seus órgãos, agentes ou servidores públicos. - SUGESTÃO: É a proposta de melhoria, aprimoramento dos serviços pelo Ministério Público, ou outros órgãos e instituições públicas. - SOLICITAÇÃO DE PROVIDÊNCIA E/OU INFORMAÇÃO: Consiste no pedido de informação e/ou providência ao Ministério Público. - ELOGIO: É a manifestação de satisfação, apreço, identificação de aspectos positivos na prestação de serviço público ou reconhecimento sobre a qualidade do serviço recebido. Os campos obrigatórios estão marcados com (*) Para acompanhar sua mensagem enviada à Ouvidoria do MPMG, clique aqui. Para complementar sua mensagem enviada à Ouvidoria do MPMG, clique aqui. Site: http://www.mpmg.mp.br/conheca-o-mpmg/ouvidoria/ Anonimato Quem pode falar com a Ouvidoria? Para entrar em contato com a Ouvidoria é necessário me identificar? Como proceder Como devo proceder para efetuar uma denúncia? Como faço para falar com a Ouvidoria? É possível acompanhar minha manifestação? Competência Qual a diferença entre SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente e Ouvidoria? Como trabalha o Ouvidor? A Ouvidoria resolve qualquer assunto? A Ouvidoria pode defender-me na Justiça? A Ouvidoria pode defender-me na Justiça? Como é o processo de atuação da Ouvidoria? O que a Ouvidoria não deve fazer? A Ouvidoria na Administração Pública deve: Outros Qual a importância de uma Ouvidoria? Qual é a contribuição da Ouvidoria? Respostas Em quanto tempo receberei minha resposta? http://www.mpmg.mp.br/conheca-o-mpmg/ouvidoria/perguntas-frequentes/ Respostas Em quanto tempo receberei minha resposta? Procuramos agir o mais rápido possível. Para saber sobre o andamento da sua mensagem, você pode consultá-la acessando o sistema e inserindo os números de protocolo e senha fornecidos ou por telefone (127) informando o número de protocolo. omo proceder Como devo proceder para efetuar uma denúncia? Procure descrever sua denúncia de forma clara, simples e objetiva. Nos casos que envolverem apuração e investigação, o ideal é que a Ouvidoria receba um relato completo do assunto como indicação de nomes de pessoas ou estabelecimentos envolvidos, locais, datas, documentos comprobatórios, testemunhas ou pessoas que possam ajudar no esclarecimento dos fatos, bem como tudo o que possa servir de subsídio para viabilizar o encaminhamento da solução. Como proceder É possível acompanhar minha manifestação? Sim. Pelo número de protocolo e senha informados após o registro da manifestação. Quem pode falar com a Ouvidoria? Qualquer pessoa, brasileira ou não, pode apresentar suas dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões ou elogios, sobre assuntos relacionados ao Ministério Público. Competência A Ouvidoria resolve qualquer assunto? A Ouvidoria procura ajudá-lo a encontrar caminhos para resolver problemas que você tenha tido com qualquer um dos órgãos do Ministério Público. Caso suas questões sejam da competência de outros órgãos da administração pública, a Ouvidoria irá orientá-lo quanto à maneira mais adequada para seu atendimento.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 22/07/2014 às 21:01:58
Site: Não tem!
  Recado
A Ouvidoria é um canal permanente de comunicação do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) com os cidadãos, entidades representativas da sociedade civil e órgãos públicos. O contato é pautado pelos princípios da ética e da transparência. Cada manifestação recebida pela Ouvidoria - por meio do portal institucional ou pelo telefone - é analisada e encaminhada ao setor competente. A Ouvidoria acompanha ainda as providências adotadas e as informa ao cidadão. Ao procurar a Ouvidoria do MPMG, o cidadão pode fazer sugestões ou pedidos de informações sobre as atividades desenvolvidas pela Instituição; reclamações, elogios ou críticas sobre a atuação de qualquer servidor ou membro do Ministério Público. Para entrar em contato com a Ouvidoria do MPMG ligue 127 gratuitamente ou (31)3330-8409 e (31)3330-9504. Para fazer sua denúncia on line utilize a guia Fale Conosco. Atenção! Denúncia caluniosa é crime (Art. 339 do Código Penal). Falsa denúncia é crime (Art, 340 do Código Penal). O canal mais rápido entre você e a Ouvidoria. Por favor use o formulário a seguir para enviar uma mensagem à Ouvidoria. Internamente ela será classificada como: - RECLAMAÇÃO: É a manifestação de insatisfação, desagrado, protesto sobre um serviço prestado, ação ou omissão do Ministério Público, da administração em geral e/ou servidor público, que o manifestante considera ineficiente, ineficaz e não efetivo. - DENÚNCIA: É a manifestação revestida de gravidade, atribuindo a responsabilidade do fato a instituição, órgão externo ou interno à instituição, agente público, pessoa física ou pessoa jurídica. - CRÍTICA: Manifestação que implica censura a ato, procedimento ou posição adotada pela instituição, por meio de seus órgãos, agentes ou servidores públicos. - SUGESTÃO: É a proposta de melhoria, aprimoramento dos serviços pelo Ministério Público, ou outros órgãos e instituições públicas. - SOLICITAÇÃO DE PROVIDÊNCIA E/OU INFORMAÇÃO: Consiste no pedido de informação e/ou providência ao Ministério Público. - ELOGIO: É a manifestação de satisfação, apreço, identificação de aspectos positivos na prestação de serviço público ou reconhecimento sobre a qualidade do serviço recebido. Os campos obrigatórios estão marcados com (*) Para acompanhar sua mensagem enviada à Ouvidoria do MPMG, clique aqui. Para complementar sua mensagem enviada à Ouvidoria do MPMG, clique aqui.
Nome: MOVIMENTO ASFALTO JÁ
Cidade: Chapada-Montalvânia
Liberado: 22/07/2014 às 19:27:50
Site: Não tem!
  Recado
Aguardamos ao início das obras da pavimentação asfáltica da Chapada Gaúcha-MG a Montalvânia-MG.
Nome: ELTON PRATES
Cidade: SENADOR CANEDO
Liberado: 21/07/2014 às 20:20:45
Site: Não tem!
  Recado
CONTERRÂNEOS, GANHEI O MEU DIA HOJE,CONVERSEI COM O SUPERVISOR REGIONAL DO Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF, A NOSSA SOLUÇÃO ESTÁ AÍ PRÓXIMO, EM JANUÁRIA. O SUPERINTENDENTE ME DISSE QUE NÃO MEDE ESFORÇO PARA NOS AJUDAR, AGORA SÓ DEPENDE DE NÓS UNIRMOS FORÇAS, NÃO É FÁCIL, MAS NÃO VOU DESANIMAR, VOU PEDIR AUDIÊNCIA COM OS PREFEITOS E TODOS VEREADORES DE MONTALVÂNIA E BONITO DE MINAS, PARA INICIARMOS OS TRABALHOS NECESSÁRIOS E TENHO CERTEZA, VAMOS FAZERMOS UMA CAMPANHA SÉRIA E MERECEDORA DE MUITO CARINHO E RESPEITO, CONTE COMIGO MEU E NOSSO MARAVILHOSO COCHÁ, ESTAMOS CONTIGO!
Nome: JURACI BELEM-(JHOU)
Cidade: MONTALVÂNIA-MG
Liberado: 21/07/2014 às 20:16:35
Site: Não tem!
  Recado
Helton Prates, parabens pela preocupação com nosso RIO COCHÁ,estou do seu lado e vamos a LUTA.
Nome: ELTON PRATES
Cidade: SENADOR CANEDO
Liberado: 21/07/2014 às 19:55:02
Site: Não tem!
  Recado
Para: Elton da Silva Prates Silva Cc: rafael.chaves@ibama.gov.br Rafael.Chaves@ibama.gov.br Prezado Senhor Elton, Entendo que o primeiro passo que V. Sa. deveria dar em direção à recuperação e conservação dos recursos hídricos da região seria integrar os trabalhos dos comitês de bacia hidrográfica, a exemplo do Comitê das Bacias Hidrográficas dos Afluentes do Médio São Francisco - SF9. Para tanto, poderia acessar o site da Agência Nacional de Águas (ANA) e conseguir informações (www.ana.gov.br). Quanto às informações colhidas no Ministério do Meio Ambiente, informo que o IBAMA em Minas Gerais, notadamente este Escritório Regional em Montes Claros/MG, não possui diretamente nenhum recurso de projeto para a revitalização do Rio São Francisco ou de qualquer um de seus afluentes em nossa área de abrangência. O nosso trabalho aqui é voltado principalmente para a fiscalização ambiental (carvão, fauna, desmatamento, etc) e ao licenciamento de empreendimentos em nível estadual, com participação em conselhos consultivos e deliberativos como o COPAM (Montes Claros), CBH Verde Grande, Codema/M.Claros, Conselhos do Parque Estadual da Lapa Grande (Montes Claros), Parque Nacional das Sempre-Vivas (Diamantina) e Mosaico Sertão Veredas - Peruaçu (região entre Chapada Gaúcha e Januária). Informo ainda que trabalhos de recuperação e cercamento de nascentes são desenvolvidos na sua região pelo Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais (IEF). O telefone do IEF em Januária é: (38) 3621-2611 (Mário Lúcio dos Santos / Supervisor Regional). Caso tenha interesse em maiores informações sobre o caso, pode entrar em contato comigo, pessoalmente nesta Unidade, ou pelos telefones (38) 3223-9669 ou 8426-7904. Cordialmente, Rafael Macedo Chaves IBAMA/M.Claros Citando Elton da Silva Prates Silva :
Nome: Não se cale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 16:30:02
Site: Não tem!
  Recado
Google, pesquise Ministério Público de Minas Gerais, Ouvidoria, Formulário Eletrônio e digite suas sugestões, denúncias, crísticas construtivas, informações, etc. Excelente! Vamos proteger a sociedade, nossos filhos, filhas, crianças, idosos, idosas, adolescentes, nossas famílias. Diga não a impunidade. Diga não as drogas. Diga não a vilência de qualquer forma. Diga não a violência física, sexual e psicológica. Unidos somos mais fortes. Nossa arma, nossa proteção é denunciar anonimamente. Vamos todos unirmos para o bem de todos e de todas.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 16:00:24
Site: Não tem!
  Recado
Todas as motos e carros da região estão com a documentação em dia? E os impostos, licenciamentos anuais e seguros obrigatórios como estão? As numerações dos veículos, motos, carros, vans, ônibus, caminhões estão corretas? Vamos dar um basta nos veículos e motos cabritas, ou seja, vamos dar um basta nos veículos e motos furtadas, roubadas, financiamentos sem quitar e consórcios sem quitar dos Estados de São Paulo (São José do Rio Preto-SP, Serrana-SP, Ribeirão Preto-SP, Luiz Antônio-SP, entre outras cidades de São Paulo, principalmente as cidades que há Usina de Cana-de-Açucar, álcool, Etanol e Aguardente), Estado de Goiás(Principalmente carros e motos de Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Cristalina-GO, Valparaizo de Goiás, Abadiânia-GO, Alexânia-GO, Rio Verde-GO, Trindade-GO, Anápolis-GO, e outras cidades do Estado de Goiás), Distrito Federal, Estado do Pará, Aparecida de Goiânia, Estado do Mato Grosso, Estado do Maranhão, Estado da Bahia, bem como Minas Gerais e outros Estados. Todos os veículos, sem exceção, com placas dos Estados citados devem ser averiguados, investigados as documentações, numeraçoes de chassi, motor, vidros, etc. Todos os veículos, como motos, vans, ônibus, caminhões, carretas, principalmente, caminhonetes e motos de pequenas cilindradas. Muitos veículos com financiamentos de bancos de outros Estados sem quitar. Muitos veículos de consórcios sem quitar. Aí a pessoa compra e some para outro Estado. Vamos denunciar.Tem que denunciar quem puxa esse veículos de outros Estados para a região do Norte de Minas, pois tem os bandidos puxadores e há os bandidos compradores, quem compra também é conivente, quem compra também responde pelo crime.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:58:27
Site: Não tem!
  Recado
Todas as motos e carros da região estão com a documentação em dia? E os impostos, licenciamentos anuais e seguros obrigatórios como estão? As numerações dos veículos, motos, carros, vans, ônibus, caminhões estão corretas? Vamos dar um basta nos veículos e motos cabritas, ou seja, vamos dar um basta nos veículos e motos furtadas, roubadas, financiamentos sem quitar e consórcios sem quitar dos Estados de São Paulo (São José do Rio Preto-SP, Serrana-SP, Ribeirão Preto-SP, Luiz Antônio-SP, entre outras cidades de São Paulo, principalmente as cidades que há Usina de Cana-de-Açucar, álcool, Etanol e Aguardente), Estado de Goiás(Principalmente carros e motos de Águas Lindas de Goiás, Luziânia, Cristalina-GO, Valparaizo de Goiás, Abadiânia-GO, Alexânia-GO, Rio Verde-GO, Trindade-GO, Anápolis-GO, e outras cidades do Estado de Goiás), Distrito Federal, Estado do Pará, Aparecida de Goiânia, Estado do Mato Grosso, Estado do Maranhão, Estado da Bahia, bem como Minas Gerais e outros Estados. Todos os veículos, sem exceção, com placas dos Estados citados devem ser averiguados, investigados as documentações, numeraçoes de chassi, motor, vidros, etc. Todos os veículos, como motos, vans, ônibus, caminhões, carretas, principalmente, caminhonetes e motos de pequenas cilindradas. Muitos veículos com financiamentos de bancos de outros Estados sem quitar. Muitos veículos de consórcios sem quitar. Aí a pessoa compra e some para outro Estado. Vamos denunciar.Tem que denunciar quem puxa esse veículos de outros Estados para a região do Norte de Minas, pois tem os bandidos puxadores e há os bandidos compradores, quem compra também é conivente, quem compra também responde pelo crime.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:45:45
Site: Não tem!
  Recado
Não se cale. Denuncie. Vamos todos denunciar. Quem planta as maconhas na região? Quem vende? Quem compra? Onde vende? Vem de onde? Quem são os traficantes? São homens? São mulheres?Quem? Quem? Quem transporta? É de caminhão? Carro? Moto? Dentro de tanque? dentro de mercadorias? Minha gente, denuncie, vamos proteger nossa sociedade, nossas famílias. Denuncie. Quem está ficando rico rapidamente com motos, carros, lotes, terrenos, sítios, chácaras, fazendas, empresas, caminhonetes, etc. rapidamente? De onde está vindo o dinheiro? É de trabalho? É de forma ilícita? É dinheiro vindo de comercialização, tráfico de drogas, como maconha, cocaína, crack e/ou outras? Fique atento, fique atenta para riqueza rápida, pois a região é muito pobre, tendo em vistas as estiagem ao longo de muitos anos, com pouco capim, pouco gado, pouca produção agrícola e pecuária é muito pouca, então não tem como ficar bem de situação financeira e patrimonial muito rápido, pode ser dinheiro oriundo, de origem de tráfico de drogas, portanto minha gente fique atento e denuncie.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:36:21
Site: Não tem!
  Recado
Você conhece seu vizinho, sua vizinha? Em Cocos na Bahia, dizem que os assaltantes do Banco do Brasil alugaram a época até casa para conhecer a cidade e a rotina dos Bancos do Brasil, Banco Bradesco, rotina das pessoas, da cidade, movimento da entrada e da saída, da segurança, etc., se algum vizinho tivesse a sabedoria de desconfiar daqueles monte de homens residindo naquela residência e para despistar, enganar as pessoas, o povo ficava na rua vendendo perfumes, cremes, cintos, chinelos, sapatos, bem como outras porcarias para enganar, se o povo tivesse denunciado teria sido preso aquele monte de bandidos morando naquela casa. Então minha gente, conheça bem seu vizinho, vizinha, confie sempre, mas desconfiando, pois pode ser um ou vários bandidos e bandidas morando para conhecer sua rotina, da cidade, da região, da rua, etc., para depois dar o bote igual cobra cascavel. Então fique ligado, ligada, atento, atenta!
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:30:08
Site: Não tem!
  Recado
Disque 100 (ligação é gratuita, ligaçao é grátis, Você não precisa identificar); Disque 180 (ligação é gratuita, ligaçao é grátis, Você não precisa identificar). Denuncie a violência física, sexual e/ou psicológica em desfavor, contra as crianças, adolescentes, esposas, mulheres, esposas, homens, idosos, idosas, companheiras, companheiros, mal tratos contra os animais, caça ilegal, clandestina, pesca ilegal, clandestina, pedofilia, tráfico de seres humanos, tráfico de mulheres, prostituição infantil, trabalho infantil, trabalho escravo, cafetões, jogos ilegal, etc. Diga não a violência contra as mulheres, crianças, adolescentes, idosos, idosas.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:19:21
Site: Não tem!
  Recado
Vá no google e pesquise, digite fale com a presidenta Dilma, sendo que lá há o Formulário Eletrônico, se você quiser não precisa identificar, ou seja, pode ficar anonimamente. Digite lá sua sugestão, crítica construtiva, denúncias, informações, etc. O Gabinete da Presidenta Dilma geralmente responde muito rápido, ágil, célere, com muita competência, e dependendo do assunto se for para outro Órgão ou Ministério o assunto será encaminhado, via ofício ou memorando, imediatamente para as providências legais cabíveis que o caso requerer.
Nome: Naosecale
Cidade: Brasil
Liberado: 21/07/2014 às 15:00:23
Site: Não tem!
  Recado
Para denunciar anonimamente é muito fácil vá no google e pesquise assim: ministério público de minas gerais e ao abrir vá em Ouvidoria, sendo que em Ouvidoria há Formulário Eletrônico, basta digitar a denúncia que é muito fácil, rápido e o melhor funciona mesmo, pois o Ministério Público é fiscal da Lei e é obrigado a tomar as medidas legais cabíveis, sendo que imediatamente o Ministério Público envia uma requisição, ofício para a Delegacia da cidade, Fórum, Prefeitura ou Órgão competente para imediatamente tomar as medidas legais cabíveis, sendo que é obrigado a tomar as medidas com urgência. Gente, é muito bom, ou melhor, excelente, pois com a experiência acho hoje que o Ministério Público é o melhor Órgão que funciona com qualidade, agilidade, rapidez e eficiência. Você pode denunciar no site do Ministério Público, em Ouvidoria e Formulário Eletrônico (se você quiser não precisa identificar): roubos, furtos, tráfico de drogas, bocas de fumo, desmatamento, carvoeiras clandestinas, desmatamento das nascentes, desmatamento das margens dos rios e córregos, motos e carros roubados e furtados dos Estados de São Paulo, Distrito Federal, Goiás e outros Estados que circulam na região do Norte de Minas Gerais, mal tratos a animais, violência contra os idosos e idosas, violência contra a mulher, violência contra as crianças e adolescentes, trabalho infantil, prostituição infantil, tráfico de pessoas, pessoas foragidas, pessoas suspeitas, vizinhos e vizinhas suspeitas, carros e motos suspeitos, pessoas suspeitas na região, cidade, fazenda, roça, sítios, Distrito, venda de droga, tráfico droga, plantação de maconhas, produtos e objetos falsificados, adulterados, pirateados, políticos corruptos, desvio de dinheiro público, situação precária das escolas, hospitais e segurança pública. O Ministério Público é o Fiscal da Lei, pois é responsável para tomar as medidas cabíveis. Diga não a violência física, sexual e psicológica contra as crianças, adolescentes, idosos, idosas, mulheres, esposas, companheiras, namoradas, namorados. Diga não a pedofilia. Diga Não a violência de qualquer forma. Diga não ao trabalho escravo. Diga Não ao trabalho infantil. Diga não a protituição de crianças e adolescentes. Denuncie! Não se cale! Vamos ter uma sociedade melhor, família melhor, cidade melhor, filhos e filhas melhores, vamos protegermos a família, pois é a base da sociedade. Repetindo: primeiro) - Vá no google; segundo) - Pesquise Ministério Público de seu Estado, por exemplo, Ministério Público de Minas Gerais; Terceiro) - Vá em Ouvidoria; Quarto)- Formulário Eletrônico; e Quinto) - Digite sua denúncia e em seguida encaminhe que vc receberá uma senha e código se quiser acompanhar, não precisa identificar se vc preferir.
  Há  1844  recados em  121  páginas. Você está na página  103.


Parceiros2
Microrcim Microrcim L&C Glass Design L&C Glass Design