SITE OFICIAL DA CIDADE DE MONTALVÂNIA
WWW.MONTALVANIA.COM.BR

Publicidade: (77) 9 9949-4184
Parceiros1

ÚLTIMASNOTÍCIAS

    Segurança

  06 Janeiro de 2018

ATENÇÂO


  Dica.

Considerando que Segurança Pública é dever do Estado direito e RESPONSABILIDADE DE TODOS, orientamos a todos os proprietários/condutores de motocicletas que, ao estacionarem seus referidos veículos, os travem e, ao chegarem em casa, estacionem em garagens, lotes, quintais ou até mesmo dentro de casa. 


Vamos dificultar ao máximo as ações criminosas. Lembrem-se a segurança de seus bens, também é sua responsabilidade.


Denuncie! 181 ou 190.


Policia Militar de Montalvânia


Compartilhe nas Redes Sociais

    Hospital Cristo Rei

  06 Janeiro de 2018

PROSUS


  HOSPITAL CRISTO REI recebe deferimento de forma definitiva à adesão ao PROSUS de acordo com Lei nº 12.873.

Em buscas de melhorias para a instituição e para oferecer um atendimento de mais qualidade para as populações de Montalvânia e Juvenília, a administradora Sandra Maria Pimenta e o contador Fábio Borges da Fundação de Saúde de Montalvânia - Hospital Cristo Rei, participaram de várias reuniões de capacitação para desenvolver o Plano de Viabilidade Econômico-financeira promovido pela Secretaria de Atenção a Saúde/MS em parceria com o Hospital Sírio Libanês na cidade de São Paulo SP, junto com outros 10 hospitais filantrópicos do Brasil. 


Graças ao empenho da administradora Sandra Pimenta e do contador Fábio Borges foi deferido de forma definitiva a Adesão ao PROSUS da Fundação de Saúde de Montalvânia , conforme publicado no Diário Oficial da União em 29/12/2017,Edição:249,Seção:1,página 127.


O PROSUS é um programa de fortalecimento das Entidades Privadas Filantrópicas que atuam na área da saúde de forma complementar ao SUS.


O PROSUS propõe atuar em duas frentes: a principal delas é aumentar o incentivo para o atendimento SUS. Quem aderir ao programa terá incentivo em dobro. A proposta é que essas instituições troquem dívidas por ampliação do atendimento SUS, destacou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 


“Outra grande vantagem ao aderir essa nova estratégia é que, além de poder zerar suas dívidas, as entidades filantrópicas receberão certidões que permitem realizar novos convênios com o Ministério da Saúde e também contratar empréstimo junto a instituições financeiras caso necessário”.


“Empenho é uma força motivadora que exerce uma contínua dedicação e lealdade aos propósitos de uma equipe”. ( Helgir Girodo)



Compartilhe nas Redes Sociais

    Mobilização

  06 Janeiro de 2018

CIDADE LIMPA


  Prefeitura promove campanha “Cidade Limpa. Cidade Segura” para combater o mosquito Aedes aegypti.

Com a chegada do período chuvoso e a elevação da temperatura os locais propícios para o mosquito Aedes aegypti se desenvolver se multiplicam e a população deve se mobilizar para eliminar os focos.


Pensando nisso a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Setor de Vigilância Ambiental, em parceria com o Setor de Limpeza Urbana, Setor de Obras e com o apoio da população, lançou a campanha “Cidade Limpa. Cidade Segura” para promover ações de limpeza das ruas, lotes, comércios e residências da sede, dos distritos e das comunidades rurais, para deixar o município livre do mosquito transmissor de doenças como Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.


Nos dias 27 e 28 de dezembro de 2017, a campanha aconteceu no distrito de Pitarana.


Foram realizadas visitas educativas com entrega de panfletos, eliminação de focos do mosquito e recolhimento de futuros criadouros em todos os domicílios desta localidade.


De acordo com o coordenador do Setor de Vigilância Ambiental, Sílvio Alves Pereira, todas as vias públicas do distrito foram limpas, totalizando 25 focos eliminados nas residências, 02 caçambas de recipientes que servia de criadouros do mosquito, 08 caçambas de entulho, 02 caçambas de galhos e 03 caçambas de terra provenientes da limpeza do campo de futebol.


De acordo com o coordenador, uma inspeção semanal de dez minutos é suficiente para eliminar os criadouros domésticos, que representam por cerca de 80% do total.


– Não só a chuva, mas também a temperatura, que começa a aumentar fazem com que o Aedes aegypti prolifere com mais facilidade. Quando tem chuva aumenta a oferta de criadouros e quando a temperatura sobe, aumenta a velocidade do seu desenvolvimento, explicou Sílvio.


Faça a sua parte, evite focos de proliferação do mosquito e ajude a sua localidade a ficar livre das doenças transmitidas por ele.


Fique ligado no dia em que o mutirão de limpeza vai estar em sua rua e recolha todo o material que pode ser criadouro do mosquito.


Vamos juntos manter nossa cidade longe do mosquito Aedes aegypti.


Lembre-se: “Cidade Limpa. Cidade Segura.” SECOM



Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  02 Janeiro de 2018

PRODUTO/FURTO RECUPERADO


  ...

Durante patrulhamento e incansáveis diligências, a Guarnição PM conseguiu informações necessárias para chegar até a residência do autor e recuperar diversos materiais que foram produtos de um furto ocorrido em uma casa no dia 31/12/17.


Foram recuperados: 01 colchão de solteiro,  01 liquidificador, 01 batedeira, 01 coleção de DVD’s para manicure e diversos utensílios de cozinha.

Guarnição PM: Cb Ronnie e  Cb Jair.


Esse trabalho só foi finalizado com sucesso devido às denúncias da população. Colabore, pois juntos somos mais fortes. Disque 181 ou 190.


Polícia Militar 242 anos com você, por uma Minas Gerais mais segura!


Compartilhe nas Redes Sociais

    Polícia

  02 Janeiro de 2018

MONTALVÂNIA EM AÇÃO


  Apreensão de arma de fogo

Durante patrulhamento na madrugada do dia 02 de janeiro de 2018, a Guarnição PM abordou um indivíduo em atitude suspeita conseguindo apreender armamento de fogo.

 2 espingardas

 1 simulacro de arma de fogo

 Guarnição:

 Cb Jair

Sd Fiuza

Sd Chagas

Sd Andrei


Compartilhe nas Redes Sociais

    Economia

  29 Dezembro de 2017

SALÁRIO MÍNIMO


  Salário mínimo vai subir 17 reais, a partir do dia 1º. Passará de 937 para 954 reais

O salário mínimo dos brasileiros vai aumentar 17 reais em 2018 e passará a ser de R$ 954,00 a partir do dia 1º de janeiro, segunda-feira. O decreto que reajusta valor do salário mínimo foi assinado hoje pelo presidente Michel Temer. 


MENOR

O salário mínimo atual é de R$937,00. O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso, no valor de R$ 965.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Feriado

  22 Dezembro de 2017

BANCOS


  Bancos fecharão para atendimento ao público nos dias 25 e 29 de dezembro.

Os bancos terão dias de atendimento diferenciados neste fim de ano. Nesta sexta-feira, último dia útil que antecede o Natal, o público será atendido normalmente. Na segunda-feira, dia 25, os bancos estarão fechados em virtude do Natal. O atendimento retorna dia 26.


INTERNO

Na última sexta-feira do ano, dia 29, as agências bancárias fecharão as portas, tendo funcionamento exclusivamente interno. No 1º dia de 2018 não haverá atendimento. A rotina normal dos bancos voltará no dia 2 de janeiro.


MULTA

Cobranças de juros e multas, contas de consumo e carnês que vencerem nos dias em que os bancos estarão fechados poderão ser pagos no 1º dia seguinte aos feriados sem a cobrança de multas por atraso.


ELETRÔNICO

Se houver a preferência pelo adiantamento dos pagamentos, é possível fazer operações bancárias nos caixas eletrônicos, pela internet e pelo celular, por meio dos aplicativos.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Novidade

  18 Dezembro de 2017

HORÁRIO DE VERÃO 2018


  A partir do ano que vem, e em função de eleições, horário de verão será encurtado em duas semanas, começando no 1º domingo de novembro.

O presidente Michel Temer editou decreto que encurta o período de duração do horário de verão a partir de 2018. O ajuste dos relógios deverá começar no 1º domingo de novembro, e não mais no 3º domingo de outubro. O fim do horário de verão ficará mantido para o 3º domingo de fevereiro. 


ELEIÇÕES

No total, o período de duração do horário diferenciado será encurtado em duas semanas a partir de 2018. A mudança foi um pedido do ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, que alegou ao presidente que o horário de verão durante as eleições atrapalha a apuração de votos, dada a maior diferença de fuso horário entre as cidades com e sem horário de verão.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Audiência

  15 Dezembro de 2017

ICMS


  Prefeitos defendem novas regras para distribuição do ICMS.

Lideranças apoiam o PL 4.773/17, que pretende aumentar repasses do imposto para os municípios mais pobres.


Prefeitos manifestaram apoio ao Projeto de Lei (PL) 4.773/17, que propõe alterações nos critérios de distribuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os municípios mineiros. Eles participaram de audiência pública da Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quinta-feira (14/12/17).


O parlamentar, que preside a Comissão de Assuntos Municipais, também é o requerente da audiência. Em sua opinião, o projeto vai garantir uma distribuição mais justa desses recursos às 853 cidades mineiras.

O presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), José Reis Nogueira de Barros, disse que a matéria vai promover justiça social. “Não dá para aceitar uma Lei Robin Hood ao avesso, que torna os ricos cada vez mais ricos”, disse. 

O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Rezende Araújo Lacerda, comentou que a mudança vai trazer mais benefícios para a totalidade das cidades. “Com certeza, vai render bons frutos, porque traz justiça e, assim, fortalece o Estado. Alguns municípios vão deixar de ganhar um pouco para que haja essa distribuição”, afirmou.


NOVA FORMA DE DISTRIBUIÇÃO - Para o integrante do Conselho Regional de Economia, Leonardo Pontes Guerra, o PL 4.773/17 corrige a distribuição injusta do ICMS. “O papel do Estado deve ser no sentido de levar mais recursos a quem tem menos”, comentou.


O diretor-geral do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), Gustavo Xavier Ferreira, também é a favor da proposição. Ele enfatizou que, ao longo dos anos, houve um atraso nos investimentos para essas regiões do Estado. “Acredito que esse projeto pode contribuir no enfrentamento dessa situação”, falou.


BENEFÍCIO A MUNICÍPIOS MAIS POBRES - De acordo com o consultor da ALMG Hélio Ferreira dos Santos, o PL 4.773/17 modifica a forma de cálculo para a distribuição do ICMS, de forma que os municípios mais pobres passem a receber mais recursos.

Hélio Ferreira enfatizou que o projeto reduz e simplifica os critérios existentes. Dessa forma, um dos aspectos considerados continua sendo o meio ambiente. “As áreas de unidades de conservação continuam a ser consideradas, mas sem o fator de qualidade, que gerava contradições. Municípios com mais recursos, que conseguiam manter melhor esses espaços, tinham vantagem”, acrescentou.

Além disso, outro critério adotado é a compensação para manutenção do valor nominal do exercício base, de forma a amenizar a perda de receitas para as cidades de um ano para o outro. Com o crescimento da receita, é sugerida a redistribuição gradual dos recursos.

Nesse sentido, a adoção do mínimo per capita é o outro critério da proposição. Se houver um crescimento de 6% da receita de ICMS, em 18 anos, todos os municípios receberão o mínimo de 70% da receita per capita do imposto.


HISTÓRICO - A Constituição Federal estabelece que 75% da arrecadação com o ICMS pertence ao Estado e 25% aos municípios. Desses últimos, 75% estão atrelados ao Valor Adicionado Fiscal (VAF), que reflete o movimento econômico do município. Essa regra faz com que o ICMS volte para onde foi gerado, ou seja, para as cidades mais desenvolvidas. Além disso, determina que 0,01% seja destinado aos municípios mineradores. A ALMG legisla, então, sobre a distribuição de 24,99% da arrecadação do ICMS.

O consultor explanou sobre o histórico da distribuição do ICMS no Estado. Ele comentou que a Lei Robin Hood, a Lei 13.803, de 2000, vigorou até 2010. A partir de 2011, iniciou-se a vigência do ICMS Solidário, a Lei 18.030, de 2009. “Houve um equilíbrio maior na distribuição com essa legislação, mas ainda com distorções”, enfatizou.

Em sua apresentação, ele mostrou números referentes à destinação do imposto na vigência das duas legislações e também uma projeção para 2035, caso o PL 4.773/17 seja aprovado.


Compartilhe nas Redes Sociais

    Educação

  13 Dezembro de 2017

12ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA


  Estudante da zona rural de Montalvânia é medalha de bronze na 12ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA DAS ESCOLAS PÚBLICAS.

A estudante Karine da Cruz Lopes, 13 anos, do 8º Ano da Escola Estadual de Cachoeira, distrito de Capitânia, é Medalhista de Bronze na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP. Ela foi a única do município a receber medalha.


A OBMEP é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA - e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área.


A estudante participou de um curso on-line de iniciação científica, pelo qual recebeu uma Bolsa em dinheiro durante todo o ano.


A Medalha foi entregue em Montes Claros, no último dia 8, no prédio da Unimontes.


A estudante recebeu também uma premiação em dinheiro no valor de 1 mil reais. A professora Daniela Simões, que orientou a estudante, também foi premiada e recebeu o valor de 1 mil e 500 reais.


A professora Daniela Simões disse que a Olimpíada incentivou bastante os alunos da escola para o estudo da Matemática, possibilitando-lhes a ampliação do conhecimento.

A medalhista de bronze, Karine Lopes, disse que gosta muito de matemática e que fez a prova como faria outra qualquer, não imaginava nunca ser classificada e muito menos ganhar medalha, mas agora pretende intensificar os estudos em matemática e seguir carreira como profissional da área.


- Gosto muito de matemática, mas nunca imaginei ganhar essa medalha. Estou muito feliz e emocionada! Agora quero estudar ainda mais e investir em minha carreira, diz a garota.


Parabéns à estudante medalhista, á professora, aos pais e a Escola de cachoeira pelo belíssimo trabalho desenvolvido!


Fernando Abreu / Jornalista


Compartilhe nas Redes Sociais

Parceiros1

Parceiros2
Star Chiq Microrcim